Entrevista : Unaids e “resposta vibrante” de lusófonos ao HIV

Ouvir /

Luiz Loures (o primeiro da esquerda para a direita) em Maputo com o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi (centro) e membros do país. Foto: Luiz Loures

O vice-diretor-executivo do Programa Conjunto da ONU sobre HIV/Aids, Unaids, destaca a “resposta vibrante” dos países de língua portuguesa à epidemia após participar na cerimônia que marcou o Dia Mundial de Combate à doença em Moçambique.

Falando à ONU News de Joanesburgo, na África do Sul, Luiz Loures alertou que o mundo está "num momento de recompromisso" ao mencionar “uma nova epidemia de mulheres e jovens” que em novas gerações pode ter um grande impacto.

Mas ressaltou que “o HIV não pode ser uma barreira para o futuro” e citou exemplos de nações de língua portuguesa. Sobre Moçambique, Loures chamou de “marco histórico” a marca de 1 milhão de pessoas tratadas contra o HIV/Sida alcançada pelo país.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Duração: 5’37″.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031