ONU aborda perigo na Península Coreana com embaixador de Pyongyang

Ouvir /

Em sessão de emergência do Conselho de Segurança, chefe dos Assuntos Políticos falou de reunião com diplomata norte-coreano; teste de míssil balístico desta quarta-feira foi o terceiro em menos de seis meses e 20º do país em 2017.

Feltman pediu aos Estados-membros do Conselho de Segurança que se unam para evitar uma escalada na Península Coreana. Foto: ONU//Rick Bajornas.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Horas após o lançamento de mais um míssil balístico pela Coreia do Norte, o subsecretário-geral da ONU para os Assuntos Políticos reuniu-se com o embaixador do país para dizer que Pyongyang deve "desistir de tomar qualquer outro passo desestabilizador".

Jeffrey Feltman informou ao Conselho de Segurança que nesse encontro com Ja Song Nam enfatizou que "não há nada mais perigoso para a paz e a segurança no mundo do que o que acontece na Península da Coreia".

Emergência

Feltman falava numa sessão de emergência do Conselho que debateu o teste de míssil balístico intercontinental Hwasong-15, segundo fontes oficiais norte-coreanas.

O projétil que teria sido lançado a partir de uma área ao norte da capital, Pyongyang que voou 950 quilômetros e atingiu um apogeu de cerca de 4.500 quilómetros. O míssil caiu no mar na zona econômica exclusiva do Japão.

Feltman disse que estes parâmetros indicam que, se tiver uma trajetória padrão, o míssil tal como foi configurado poderia alcançar mais de 13.000 quilômetros.

Escalada

De acordo com a ONU, o teste do míssil balístico aparentemente de faixa intercontinental é o terceiro em menos de seis meses e o 20º lançado este ano pelo país asiático.

O apelo de Feltman aos membros do Conselho de Segurança é que se unam para evitar uma escalada.

Para o representante, "devido aos graves riscos associados a qualquer confronto militar, no exercício de sua principal responsabilidade, o Conselho de Segurança precisa fazer tudo o que puder" para esse fim.

Na 13ª sessão do órgão  que debateu  a Coreia do Norte em 2017, Feltman destacou que a solução para as tensões causadas pelos repetidos testes de mísseis por Pyongyang só pode ser política.

Notícias relacionadas:

ONU condena lançamento de novo míssil balístico por Coreia do Norte

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031