Quênia: ONU e UA querem apoiar eleições "credíveis e transparentes"

Ouvir /

Nova votação para as eleições presidenciais está agendada para quinta-feira; chefes das Nações Unidas e da União Africana declaram essencial o trabalho de todos os envolvidos para preservar a calma e a paz no país africano.

Foto: ONU/Staton Winter

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

As Nações Unidas e a União Africana, UA, reiteraram o compromisso de ajudar o Quênia "a garantir um processo credível e transparente" na nova votação das eleições presidenciais.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, e o presidente da Comissão da UA, Moussa Faki Mahamat, pediram aos atores políticos, partidos e seus apoiantes que criem condições para uma eleição pacífica e se abstenham de qualquer ato de violência.

Novo processo

As autoridades do país agendaram para esta quinta-feira a repetição da votação, que a 1 de setembro foi anulada pelo Supremo Tribunal queniano. O pleito decorreu em agosto deste ano.

O comunicado declara que é fundamental que todos os interessados trabalhem na preservação da calma e da paz no país. Os dois líderes disseram que continuam a monitorar de perto os desenvolvimentos no Quênia, à luz das eleições.

A nota destaca que todas as partes interessadas devem cooperar com a Comissão Independente de Eleições e Limites, Iebc, mandatada pela Constituição para conduzir as eleições.

Guterres e  Mahamat sublinham que é preciso que os serviços de segurança quenianos exerçam moderação, usem força mínima para cumprir os seus deveres e respeitem a liberdade e os direitos políticos de todos os quenianos.

Notícias relacionadas:

PMA reduz assistência a refugiados no Quênia devido à falta de recursos

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 22 DE NOVEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930