Eleições na Libéria: Guterres destaca "marco na história do país africano

Ouvir /

Novo presidente deverá suceder Ellen Johnson Sirleaf que assumiu o poder em 2006; mais de 2,2 milhões de eleitores estavam registados para as eleições presidenciais e a Câmara dos Deputados.

Foto: Morgana Wingard/Pnud

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas saudou a Libéria pela realização pacífica das eleições presidenciais e legislativas. A votação ocorreu em 10 de outubro.

Em nota, António Guterres refere que os liberianos corresponderam de forma "entusiástica e em grande número" à votação.

Novo líder

De acordo com agências de notícias, a ex-estrela de futebol George Weah e o vice-presidente Joseph Boakai eram os principais candidatos à sucessão da presidente Ellen Johnson Sirleaf, que assumiu o poder em 2006.

O chefe da ONU enalteceu a Comissão Nacional de Eleições e as instituições de segurança pelos seus esforços para o que chamou de "importante marco na história da Libéria".

Segundo agências de notícias, mais de 2,2 milhões de eleitores estavam aptos a votar na escolha do novo líder da nação fundada. No país não ocorreu uma transferência de poder pacífica há 73 anos.

Observadores

A mensagem destaca ainda o papel ativo e importante de grupos de mulheres liberianas no processo eleitoral, além das contribuições dadas por observadores nacionais e internacionais.

A mensagem do secretário-geral reitera o apoio contínuo das Nações Unidas à consolidação da paz e da democracia na Libéria.

 Notícias relacionadas:

Após visitar Libéria, novo chefe da Missão sobre ebola fala em progressos

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 17 DE OUTUBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 17 DE OUTUBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031