Mianmar: ONU e parceiros ajudam fluxo "sem precedente" de refugiados

Ouvir /

Cerca de 370 mil pessoas atravessam a fronteira para Bangladesh nas últimas duas semanas e meia; dados são da Agência da ONU para Migrações, OIM; segundo Unicef, cerca de 60% dos refugiados são crianças.

As pessoas chegando ao Bangladesh precisam urgentemente de assistência vital incluindo comida, água, saneamento, saúde e proteção. Foto: Saikat Biswas/OIM.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.*

O fluxo de pessoas da minoria Rohingya "desesperadas" fugindo de Mianmar para o vizinho Bangladesh é "sem precedentes" em termos de volume e velocidade, alertaram agências da ONU nesta terça-feira em meio a pedidos por apoio internacional à resposta de emergência.

De acordo com a Agência da ONU para Migrações, OIM, cerca de 370 mil pessoas atravessaram a fronteira para Bangladesh nas últimas duas semanas e meia.

Êxodo

De Cox's Bazar, no sudeste do país, o porta-voz da OIM na região da Ásia e Pacífico, Chris Lom, que disse à ONU News que ninguém esperava que houvesse um "êxodo em massa como esse".

Lom afirmou que conversou com pessoas que estavam "muito vulneráveis" e "traumatizadas".

O chefe de proteção a crianças do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, em Bangladesh, Jean Lieby, contou que aproximadamente 60% dos refugiados Rohingya, ou cerca de 200 mil pessoas, são crianças.

Ajuda aérea

Suprimentos para ajuda de emergência estão sendo enviados para Bangladesh nesta terça-feira, segundo a Agência da ONU para Refugiados, Acnur.

O porta-voz do Acnur, Adrian Edwards, disse a jornalistas que um avião Boeing 777, fretado pela agência, decolou com 91 toneladas de ajuda incluindo materiais para abrigo, cobertores, colchonetes e outros itens essenciais para 25 mil refugiados.

Um segundo voo está agendado para aterrissar ainda nesta terça-feira com 1,7 mil tendas familiares, e mais ajuda será entregue em breve.

Comida

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, já forneceu biscoitos altamente energéticos para cerca de 68,8 mil pessoas, incluindo a espaços de assistência a mulheres apoiados pelo Fundo de População das Nações Unidas, Unfpa.

Através de um parceiro local, o PMA distribuiu refeições quentes a 77,6 mil pessoas.

A ONU e parceiros humanitários lançaram um apelo de emergência para apoiar refugiados Rohingya, pedindo US$ 77 milhões para cobrir os próximos três meses.

Apresentação: Monica Grayley.

Notícias Relacionadas:

Alto comissário da ONU fala sobre possível “limpeza étnica” em Mianmar

ONU “profundamente preocupada” com uso de excesso de força em Mianmar

Mianmar: Acnur pede fronteiras abertas para pessoas fugindo de Rakhine

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 21 DE NOVEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930