Moçambique: Banco Mundial apoia iniciativa OpenDataton Maputo 2017

Ouvir /

Maputo é a segunda cidade em África com a implementação do projeto. A iniciativa financiada pelo Banco Mundial consiste em criação de condições para empreendedorismo, inovação e  transparência.

Foto: Acnur (arquivo)

Ouri Pota da ONU News em Maputo.

O OpenDataton Maputo 2017 é um programa baseado na abertura de dados do Conselho Municipal de Maputo e envolve um conjunto de atividades de formação direcionadas para o desenvolvimento das capacidades de empreendedores e inovadores moçambicanos.

Em conversa com a ONU News em Maputo, Ivan Gonzalez, coordenador da iniciativa em representação ao Banco Mundial, explicou o funcionamento do projeto.

Plataforma

"O OpenDataton consiste em dados abertos do Conselho Municipal de Moçambique e estes dados estarão disponíveis em plataforma aberta para que qualquer pessoa: empreendedor, académico, jornalista consiga usar os dados para criar produtos, serviços ou um artigo por exemplo."

O projeto irá consistir também de uma série de encontros de discussão sobre tecnologia em torno da ciência de análise e processamento de dados, numa maratona de programação em que várias equipes irão desenvolver soluções de base tecnológica através do uso dos dados que o Conselho Municipal de Maputo irá prover. Gonzalez, cita alguns benificios:

"Temos dados de saneamento.  Se nesses dados vemos que há zonas da cidade de Maputo que têm problemas com saneamento, então temos informações para poder tomar decisões dentro da cidadania, cidadãos para melhorar esta situação. Se um empreendedor quer fazer um aplicativo para um táxi por exemplo, esse aplicativo pode se basear na informação real e verdadeira do CMM, os distritos, as ruas, os números dos prédios. Esta informação não é do Google Maps, é uma informação real fornecida pelo Conselho Municipal da cidade de Maputo"

Soluções

O fim do projeto culminará com a apresentação das soluções desenvolvidas e premiação das equipes vencedoras para assinalar o dia da comemoração da cidade de Maputo a 10 de Novembro de 2017.

Esta iniciativa insere-se na sequência de mais uma parceria entre o Banco Mundial e o Conselho Municipal de Maputo e os demais envolvidos para tornar Maputo, capital de Moçambique na segunda cidade em África, depois da cidade do Cabo, na África de Sul a adotar a prática da colocação dos dados de instituições públicas numa plataforma aberta onde todos podem ter acesso, contribuir e utilizar para o bem comum.

Pretende se também consciencializar outras instituições a adotarem a esta prática e incentivar o desenvolvimento do talento moçambicano através do uso das Tecnologias de Informação e comunicação.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031