Venezuela: Nações Unidas pedem que governo e oposição dialoguem

Ouvir /

Secretário-geral António Guterres está preocupado com situação no país e pede todo o tipo de esforço para diminuir tensões e evitar novos confrontos; pelo menos três pessoas foram mortas durante protestos contra a presidência na quarta-feira.

Pessoas enfrentam fila por cinco horas para comprar pão em uma pequena padaria em Cumaná, na Venezuela. Foto: Irin/Meridith Kohut

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

As Nações Unidas estão preocupadas com a situação na Venezuela. O secretário-geral António Guterres emitiu uma nota nesta quinta-feira, pedindo todo o tipo de esforço possível para a diminuição das tensões e para prevenir novos confrontos no país.

Em Nova Iorque, o porta-voz Stephane Dujarric explicou que a ONU pede ao governo da Venezuela e à oposição para "reativarem o diálogo, especialmente sobre questões críticas, como equilíbrio de poder entre as várias esferas do Estado; calendário eleitoral; direitos humanos; justiça e a situação socioeconômica do país".

Mortes

O secretário-geral pede também que as partes reduzam a polarização e criem as condições necessárias para resolver os desafios do país, em benefício do povo venezuelano.

Segundo agências de notícias, pelo menos três pessoas foram mortas em protestos ocorridos na Venezuela nessa quarta-feira. Os opositores do presidente Nicolás Maduro pedem novas eleições presidenciais.

O Escritório de Direitos Humanos da ONU já tinha recebido a confirmação de quatro mortes durante protestos ocorridos nos dias 7, 10 e 11 de abril.

Notícias Relacionadas:

“Situação na Venezuela continua muito preocupante”

ONU diz que é preciso preservar separação de poderes na Venezuela

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE SETEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE SETEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

setembro 2017
S T Q Q S S D
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930