Brasil vai criar biblioteca virtual sobre saúde para países da Cplp

Ouvir /

Embaixadora brasileira afirmou que anúncio será feito no período em que o Brasil ocupa a presidência rotativa do órgão; farmacêutica brasileira anunciou também doação de remédios para OMS combater a bouba, doença de pele contagiosa.

Foto: ONU/JC McIlwaine (arquivo)

Edgard Júnior, da ONU News em Genebra.*

O Brasil vai criar em breve uma bliblioteca virtual sobre saúde para as nações que integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp.

O anúncio foi feito pela embaixadora brasileira junto à ONU em Genebra, Maria Nazareth Farani Azevêdo, em entrevista à ONU News. Ela fez a declaração durante a Conferência sobre Doenças Tropicais Negligenciadas, que está sendo realizada esta semana na cidade suíça.

Bouba

"Com especificamente os países de língua portuguesa, nós estamos conversando com a Fiocruz, ultimando alguns preparativos para poder anunciar ainda na presidência do Brasil na Cplp que vamos colocar à disposição dos países de língua portuguesa uma biblioteca virtual sobre saúde, que hoje está à disposição no sistema da Fiocruz."

Ainda na conferência, o presidente do conselho de administração da farmacêutica brasileira EMS, Carlos Sanchez, falou à ONU News sobre a doação de remédios para combater a bouba, uma doença infecciosa que atinge a pele, os ossos e as cartilagens.

"O Brasil está num momento muito importante de maturidade na área de saúde, onde você tem instituições fortes de pesquisa, como a Fiocruz, onde você tem uma agência reguladora Anvisa muito forte e a indústria farmacêutica nacional, que hoje é uma indústria de ponta. A junção desse três fatores permite que a gente esteja hoje aqui ajudando uma doença que foi erradicada no Brasil em 1950, a bouba, ser erradicada no mundo. A gente está doando os medicamentos para a Organização Mundial da Saúde para que uma doença que existe hoje na África e na Ásia possa ser eliminada."

Doações

A bouba é uma doença muito comum nos países tropicais e atinge, especialmente, as crianças entre seis e 10 anos.

Até o momento, a conferência de Doenças Tropicais Negligenciadas já recebeu promessas de US$ 812 milhões em doações de fundações, organizações de saúde global e de companhias farmacêuticas para combater o problema.

A ONU News está em Genebra acompanhando todos os acontecimentos na reunião, você pode checar tudo aqui: Doenças Tropicais Negligenciadas

*Em parceria com o Escritório da OMS para África.

Notícias Relacionadas:

Compromisso de doadores faz a diferença no combate a doença, diz OMS

Presidente da Fiocruz diz que saneamento é fundamental para acabar com DTNs

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 17 DE OUTUBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 17 DE OUTUBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031