Ciclone tropical atinge Moçambique e pelo menos quatro morrem

Ouvir /

Organização Meteorológica Mundial a acompanhar a situação na província de Inhambane; ciclone Dineo é equivalente a categoria 1 de um furacão; chuvas fortes devem chegar até Zimbábue e África do Sul.

Imagem de satélite do ciclone tropical Dineo. Foto: OMM

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

A Organização Meteorológica Mundial, OMM,  está a acompanhar a situação na província de Inhambane, em Moçambique, após a passagem do ciclone tropical Dineo.

Segundo agências de notícias, pelo menos quatro pessoas morreram com a tempestade.

Força

Chuvas torrenciais, ventos muito fortes e uma "perigosa tempestade" atingiram a província na quarta-feira. Segundo a OMM, o Dineo tem a força equivalente a um furacão de categoria 1.

Este foi o primeiro ciclone a atingir a província de Inhambane em 10 anos. A OMM lançou alertas sobre os perigos de ventos de até 180km/h nas áreas costeiras de Moçambique. As chuvas também podem exceder o volume de 150 mm.

A agência da ONU lembra que Inhambane é um destino popular entre turistas e que as tempestades podem atingir até 3 metros na baía. Após o ciclone deixar Moçambique, a OMM revela que existe o potencial de chuvas muito fortes no Zimbábue e na África do Sul.

Notícias Relacionadas:

Pescar menos pode gerar benefícios de US$ 83 mil milhões, diz Banco Mundial

Para PMA, novo plano dará maior acesso a alimentos em Moçambique

Lusófonos africanos e Timor-Leste analisam finanças públicas em Bissau 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 20 DE OUTUBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 20 DE OUTUBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

outubro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031