Unesco diz que rádio "é a salvação em momentos de emergência e desastre"

Ouvir /

Agência da ONU fez a declaração para marcar o Dia Mundial do Rádio, celebrado neste sábado, 13 de fevereiro; o aparelho tem demonstrado seu poder em situações logo após desastres e também em ações de preparação e recuperação.

Para a Unesco, o rádio "é salvação em momentos de emergência e desastre". Foto: ONU/Tobin Jones

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, afirmou que o rádio "é salvação em momentos de emergência e desastre".

A declaração foi feita para marcar o Dia Mundial do Rádio, que será comemorado este sábado, 13 de fevereiro. A data marca também o aniversário de 70 anos da criação da Rádio ONU.

Tema

O tema deste ano é "O rádio em situações de emergência e desastres". Segundo a agência da ONU, o mundo está sofrendo com um número crescente de conflitos, guerras, enchentes, erupções vulcânicas, terremotos, incidentes nucleares, como também epidemias.

A especialista em comunicação do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, Mariana Palavra, disse como a Rádio ONU ajudou nas operações durante o terremoto no Haiti, em 2010.

"As televisões não existiram por cerca de um mês. Os jornais, mesmo que existissem, as pessoas não sabiam ler. A rádio foi aquela informação imediata para coisas tão úteis como saber o que fazer em caso de réplicas (do terremoto); informações sobre onde encontrar água e comida; onde é que deviam depositar os corpos encontrados nas ruas, e como se recordam foram mais de 200 mil mortos, o que criou também questões de saúde pública. E, portanto, naqueles primeiro dias, o essencial eram informações muito curtas através da rádio. Informações de sobrevivência e também úteis para prevenir doenças."

A Unesco afirmou que o rádio tem demonstrado seu poder em situações imediatas pós-desastres, mas também nas operações de preparação e recuperação.

Tsunami, Ebola, Zika

A agência afirmou que o rádio transmitiu alertas sobre os tsunamis no Japão e no Chile, enviou mensagens sobre como evitar o contágio de ebola na África e também está fazendo isso atualmente com o surto do zika vírus no Brasil.

Para a Unesco, o rádio é um meio acessível, disponível em todas as partes e que oferece reportagem e cobertura em tempo real dos acontecimentos com a participação dos ouvintes.

Além disso, o rádio tem um papel crucial na prevenção e na mitigação de desastres e nos custos humanos.

A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, disse que "em meio a ruínas e em face a emergências, o rádio é geralmente o meio principal para sobrevivência".

A agência da ONU afirmou que o Dia Mundial do Rádio 2016 tenta chamar a atenção das pessoas sobre o papel único que esse meio de informação tem em emergências e desastres.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE JULHO DE 2016
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE JULHO DE 2016
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

julho 2016
S T Q Q S S D
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031