ONU pede US$ 7 bilhões para atender necessidade humanitária na Síria

Ouvir /

Secretário-geral fez a declaração na abertura da Conferência de Doadores que está sendo realizada em Londres; Ban Ki-moon afirmou que a comunidade internacional tem grande responsabilidade no fracasso para acabar com a guerra no país.

Foto: ONU/Eskinder Debebe

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que são necessários, pelo menos, US$ 7 bilhões, o equivalente a R$ 27,7 bilhões, para suprir as necessidade humanitárias na Síria em 2016.

Ban fez a declaração na abertura da Conferência de Doadores para a Síria que está sendo realizada em Londres, Inglaterra.

Responsabilidade

Ao falar que a guerra no país completa cinco anos em março, o chefe da ONU disse que a "comunidade internacional tem uma grande responsabilidade por não acabar com o conflito".

Ele espera que os esforços feitos pelo enviado especial para a Síria, Staffan de Mistura, possam progredir, mas reconheceu que a "pausa temporária" nas conversações entre os lados envolvidos na crise mostra como são difíceis e profundas as diferenças.

Objetivos

Ban afirmou que a Conferência tem três objetivos para atender às necessidades humanitárias.

Em primeiro lugar, o secretário-geral citou o dinheiro. Apesar da generosidade dos doadores, ele afirmou que a comunidade internacional não conseguiu arrecadar o suficiente para cobrir a ajuda.

Para o chefe da ONU, é importante criar a base para um apoio de longo prazo da comunidade internacional. Ban explicou que mesmo por um milagre, se a guerra terminasse amanhã, as enormes necessidades humanitárias e de desenvolvimento vão continuar por vários anos ou décadas.

E o terceiro objetivo é sobre a proteção dos civis. Segundo Ban, todos os lados do conflito estão cometendo abusos dos direitos humanos numa escala chocante.

Insustentável

O secretário-geral afirmou que a situação na Síria é insustentável. Não é possível continuar da forma atual.

Ban lembrou que não há uma solução militar, "somente um diálogo político inclusivo poderá resgatar o povo sírio de um sofrimento intolerável".

O chefe da ONU encerrou o discurso agradecendo o trabalho realizado pelo Crescente Vermelho Sírio Árabe, pelas agências das Nações Unidas, ONGs internacionais e outros parceiros que arriscam suas vidas para ajudar os mais necessitados no país.

Leia Mais:

Suspensas conversações sobre a Síria

Ban diz que comunidade internacional deve agir para prevenir crises

Sociedade civil vai participar das conversações sobre a Síria

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031