Conselho de Segurança: união e ação necessárias para conter a ameaça do Isil

Ouvir /

Avaliação foi feita no órgão pelo subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos; Jeffrey Feltman quer reforço de ações para impedir o financiamento do grupo terrorista.

Jeffrey Feltman no Conselho de Segurança. Foto: ONU/Manuel Elias

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos ressalta que o grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, tem habilidade de se adaptar rapidamente  a novas circunstâncias.

Assim, Jeffrey Feltman defende que os países-membros da ONU tenham uma estratégia de combate que inclua as raízes dos conflitos, em especial na Síria e na Líbia.

Luta

O representante fez a avaliação durante um debate no Conselho de Segurança esta terça-feira. Foi a primeira reunião do ano sobre a luta contra o terrorismo, o Isil e entidades afiliadas.

Feltman pede reforço das ações para combater o financiamento ao Isil, já que o grupo continua a impor um dos maiores desafios à paz e à segurança internacionais.

Violações

O subsecretário-geral lembrou que a atuação do Isil foi facilitada pelos conflitos na Síria e no Iraque. Neste sentido, Feltman defendeu maior união e ação da comunidade internacional, incluindo a descoberta de soluções políticas para os confrontos na região.

Jeffrey Feltman lembrou que os integrantes do grupo estão ampliando sua área de atuação e continuam cometendo terríveis abusos de direitos humanos como execuções em massa, tortura, violência sexual, escravidão, recrutamento e abuso de crianças.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031