Cinco soldados de paz mortos em ataque no Mali

Ouvir /

Cerca de 30 militares da missão da ONU ficaram feridos durante o ato atribuído a milícias islamitas; secretário-geral deplora o que considerou “ataque complexo” contra acampamento das tropas.

Soldados da Minusma fazem o patrulhamento no Mali. Foto: Minusma/Marco Dormino

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Pelo menos cinco soldados de paz morreram e outros 30 ficaram feridos após um ataque ocorrido na manhã desta sexta-feira em Kidal, no norte do Mali.

Em nota, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, condena o que chamou de “ataque complexo” contra o acampamento da Missão da ONU no Mali, Minusma.

Milícias

Agências de notícias informaram que milícias islamitas teriam levado a cabo a ação, que ocorreu dias depois da visita ao local feita pela representante da ONU no país.

O chefe das Nações Unidas destaca que ataques contra as forças de paz da organização são considerados crimes de guerra sob o direito internacional. Ban exige que os responsáveis sejam levados à justiça.

Determinação

Ao expressar os seus  pêsames às famílias e aos governos das vítimas, o secretário-geral disse que ataques contra a Minusma não vão enfraquecer a determinação da ONU.

Ban reitera o apoio às partes no acordo de paz, ao governo e ao povo malianos nos seus esforços para alcançar a paz e estabilidade duradouras.

Leia Mais:

ONU pede apoio para 50 mil malianos por recear desastre humanitário

Especial: O rádio durante emergências em países africanos

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031