Ciclone Winston matou 36 pessoas nas ilhas Fiji

Ouvir /

Agência humanitária da ONU afirmou que duas pessoas ainda estão desaparecidas; 35 mil pessoas estão em centros de abrigo de emergência, dezenas de escolas foram destruídas ou danificadas e as colheitas foram totalmente perdidas nas áreas mais atingidas.

Suva, Fiji. Foto: Unicef/Clements

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, afirmou que o ciclone Winston, que atingiu as ilhas Fiji durante o fim de semana matou pelo menos 36 pessoas, duas estão desaparecidas.

Segundo a agência da ONU, 35 mil pessoas estão abrigadas em 424 centros de emergência montados para proteger a população da tempestade.

Escolas

As autoridades disseram que 97 escolas foram destruídas ou danificadas na passagem do ciclone de categoria 5, o mais forte a atingir a região, com ventos de 320 Km por hora.

O Ocha afirmou que a tempestade destruiu completamente as plantações nas áreas mais atingidas no leste da região, como no arquipélago de Koro.

A agência declarou que, atendendo a um pedido do governo, enviou uma equipe de coordenação para ajudar nas operações de resposta de emergência.

Leia Mais:

Unicef preocupado com crianças e mulheres grávidas nas ilhas Fiji

Mulheres e crianças têm 14 vezes mais chances de morrer em desastres

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031