Vice-chefe do Unaids destaca papel do Brasil no combate ao HIV

Ouvir /

Luiz Loures ressalta ainda importância da inovação; fim da epidemia de Aids até 2030 é uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável; nova agenda   adotada por todos os Estados-membros das Nações Unidas entrou em vigor em 1º de janeiro.

Imagem: Unaids

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O fim da epidemia de Aids nos próximos 15 anos é uma das metas da nova Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, que foi adotada por todos os Estados-membros da ONU em setembro e entrou em vigor em 1º de janeiro de 2016.

Em entrevista à Rádio ONU, de Genebra, o vice-diretor executivo do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, Unaids, destacou o papel do Brasil no combate à doença.

Papel Histórico

"O Brasil foi o primeiro país entre os países em desenvolvimento, os países do Sul, a tratar a epidemia, propor uma resposta integral, uma resposta baseada em direitos humanos e acesso universal à ciência para todos que necessitavam. Esse papel que o Brasil teve historicamente nos permitiu avançar e hoje ter uma perspectiva global de chegar ao fim da epidemia. O que nós esperamos? Que o Brasil vai seguir à frente, vai seguir inovando, inovação é fundamental para que avancemos, e vai seguir com seu papel de liderança na comunidade internacional."

Luiz Loures afirmou ainda esperar que o Brasil "continue tendo a presença que sempre teve do ponto de vista internacional", mencionando "liderança política" e a importância da mobilização de recursos e da sociedade.

Começo da Jornada

O vice-chefe do Unaids também ressaltou as expectativas para o novo ano.

"O ano de 2016 é o começo da jornada para chegar ao fim da epidemia, 2016 com 16 milhões de pessoas em tratamento e temos que chegar a 30 milhões até 2020. Sem dúvida, estamos construindo no progresso, no conhecimento, na ciência e na mobilização mas temos que acelerar e acreditar que podemos chegar ao fim da epidemia. É um ano crucial."

Loures destacou ainda que a Assembleia Geral das Nações Unidas está convocando uma reunião de alto nível para se "restabelecer novos compromissos" que, segundo ele,  "vão, sem dúvida, levar ao fim da epidemia" da Aids.

Leia Mais:

Entrevista: Progressos na luta contra o HIV | Rádio das Nações Unidas

OMS quer ampliar tratamento antirretroviral contra HIV | Rádio das Nações Unidas

Unaids diz que 15,8 milhões de pessoas com HIV recebem tratamento | Rádio das Nações Unidas

ONU marca Dia Mundial de Combate à Aids com “nova esperança” | Rádio das Nações Unidas

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031