Síria: ONU leva assistência vital a 40 mil na cidade sitiada de Madaya

Ouvir /

Comboio de 47 caminhões levou suprimentos humanitários; distribuição começou imediatamente devido à situação "extremamente difícil" em que as pessoas foram encontradas; subsecretário-geral para Assuntos Humanitários afirmou que quase 400 mil pessoas no país estão presas em áreas sitiadas.

Comboio humanitário a caminho da cidade sitiada de Madaya, na Síria. Foto:Ocha Síria

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório da ONU para a Coordenação de Assistência Humanitária, Ocha, afirmou que 47 caminhões conseguiram entrar na cidade sitiada de Madaya, na Síria, na segunda-feira com itens de ajuda para cerca de 40 mil pessoas.

Segundo o Escritório, a distribuição dos suprimentos começou imediatamente devido às condições "extremamente difíceis" em que as pessoas foram encontradas.

Conselho de Segurança

Na noite de segunda-feira, o chefe do Ocha, Stephen O'Brien, falou ao Conselho de Segurança sobre a situação humanitária na cidade.

Ele afirmou que, "tragicamente, Madaya não é única" e há "cerca de 400 mil pessoas presas em áreas sitiadas na Síria".

Fome

O'Brien, que também é subsecretário-geral para Assuntos Humanitários, afirmou ainda que há evidências de "desnutrição grave", severa escassez de comida e que há relatos de pessoas que estão passando fome ou morreram de fome.

Segundo o Ocha, o "uso de cerco e fome como métodos de guerra tornaram-se rotineiros e sistemáticos, com total desrespeito pela vida civil".

Ajuda

A ajuda enviada à cidade incluiu, entre outros itens, comida e suprimentos médicos. Nesta localidade não chegava assistência desde outubro.

A operação foi realizada em conjunto por agências da ONU, o Crescente Vermelho na Síria e a Organização Internacional para Migrações, OIM.

Agentes humanitários no comboio à Madaya descreveram a situação das pessoas como "miserável" e confirmaram ter visto crianças "gravemente desnutridas".

Áreas Sitiadas

Segundo o Ocha, é "fundamental" que mais entregas sejam feitas em ambas as localidades alcançadas na segunda-feira e para chegar aos 4,5 milhões de pessoas em áreas sitiadas e de difícil acesso.

A estimativa é de que outras entregas sejam feitas durante esta semana.

Leia Mais:

ONU consegue entregar ajuda humanitária em Madaya, na Síria

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031