Prioridade do Acnur é proteger vida e direitos dos refugiados

Ouvir /

Declaração foi feita pelo novo chefe da agência em entrevista à Rádio ONU; Filippo Grandi quer também ajudar os países a encontrar uma solução para essas pessoas.

Fillipo Grandi. Foto: ONU/Amanda Voisard

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O novo chefe do Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, disse esta quarta-feira que a prioridade de sua agência é proteger a vida e os direitos dos refugiados.

Em entrevista à Rádio ONU, em Nova York, Grandi citou ainda entre suas principais metas, ajudar as pessoas envolvidas em deslocamentos forçados ou deslocamentos internos, pessoas que buscam refúgio de guerras ou que sofrem violações dos direitos humanos.

Emergências

O alto comissário disse que "o número de pessoas que preocupam o Acnur multiplicou. agora nós estamos lidando com 60 milhões além de 10 milhões de pessoas apátridas. Esse é um número impressionante, o maior desde a Segunda Guerra Mundial".

Grandi espera também que a agência possa responder de forma eficaz a todas as emergências criadas, em sua maioria, por guerras.

O alto comissário da ONU disse ainda que "outra prioridade importante é incluir no mandato da agência a questão de ajudar os países na busca de uma solução para os refugiados".

Dinheiro

Grandi falou sobre também sobre os fundos para cobrir as operações humanitárias. Segundo ele, o "problema real é que os apelos feitos só conseguem, em média, metade do dinheiro necessário. Isso significa que partes das necessidades não são atendidas".

Para o alto comissário, essa situação gera dificuldades não só para os refugiados mas para as comunidades e países que os abrigam. Ele deu como exemplo a guerra na Síria, onde as pessoas recebem ajuda insuficiente para suprir suas necessidades.

Para solucionar esses problemas, Grandi citou a necessidade da comunidade internacional ter mais solidariedade e analisar mecanismos que realmente possam pôr um fim aos conflitos.

Leia Mais:

ONU pede quase US$ 8 bi para ajuda humanitária na Síria em 2016

Novo chefe do Acnur destaca atenção a países com muitos refugiados

Guterres faz balanço de 10 anos no comando do Acnur

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031