ONU libera US$ 100 milhões para atender nove situações de emergência

Ouvir /

Dinheiro sai do Fundo Central da organização, Cerf; verba será utilizada para assistência a civis na Líbia, Mali e Coreia do Norte; secretário-geral Ban Ki-moon diz que medida é prova do compromisso em não deixar ninguém para trás.

A verba deve beneficiar várias operações humanitárias. Foto: Ocha

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU liberou nesta sexta-feira US$ 100 milhões para operações de ajuda humanitária em nove situações de emergência. O dinheiro sai do Fundo Central da ONU de Resposta de Emergência, Cerf.

Milhões de pessoas devem ser beneficiadas e segundo Ban Ki-moon, o financiamento é essencial para pessoas vulneráveis, além de ser "uma demonstração concreta do compromisso das Nações Unidas em não deixar ninguém para trás".

África

Do total liberado, US$ 64 milhões seguem para o atendimento a crises de deslocados no leste e no centro da África, para países afetados por conflitos como Sudão do Sul, Burundi e República Democrática do Congo.

A ONU avalia que com o dinheiro serão beneficiados 1,7 milhão de refugiados, deslocados internos e famílias que hospedam desalojados também na Etiópia, Quênia, Sudão, Tanzânia e Uganda.

Outros US$ 28 milhões vão servir para agências humanitárias auxiliarem 350 mil pessoas afetadas por conflitos e insegurança alimentar na Líbia e no Mali.

Ásia

Já US$ 8 milhões seguem para assistência de emergência a mais de 2,2 milhões de civis vulneráveis na Coreia do Norte, incluindo 1,8 milhão de crianças que precisam de apoio nutricional.

De acordo com a ONU, o Cerf é uma das maneiras mais rápidas e eficientes de apoiar respostas humanitárias. O subsecretário-geral para Assuntos Humanitários, Stephen O'Brien, lembrou que com tantas crises "competindo por atenção, muitas pessoas que passam necessidade são esquecidas".

Desde 2006, 125 países-membros da ONU, doadores do setor privado e governos regionais contribuíram para o Fudo. O Cerf já liberou ao todo US$ 4,2 bilhões para operações humanitárias em 94 países e territórios.

Leia Mais:

Zimbabué: escassez de comida deve afetar 1,5 milhão nos próximos meses

Boko Haram provoca crise de deslocamento que mais cresce em África

El Niño obrigou fundo da ONU a liberar verba para apoiar milhões de pessoas 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031