FAO pede a doadores apoio aos agricultores da Síria

Ouvir /

Guerra no país vai entrar no sexto ano e já levou milhões de pessoas à fome; agência da ONU pede a governos o fornecimento de financiamento para prevenir que situação piore; preço do arroz subiu 650%.

Família síria prepara estoque de comida. Foto: FAO

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A guerra na Síria vai entrar no sexto ano e segundo a agência da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO, a produção agrícola no país "despencou". A FAO informa que os estoques de comida estão no nível mais baixo, empurrando milhões de pessoas para a fome.

A agência da ONU pede aos governos a ampliação do financiamento para ajudar os agricultores a manter a produção de suas terras e evitar que a situação piore.

Valores

Para ampliar suas operações na Síria este ano, a FAO está pedindo US$ 87 milhões para beneficiar 3 milhões de pessoas. Além disso, US$ 53 milhões são necessários para atender refugiados que estão no Iraque, na Jordânia, no Líbano e na Turquia.

Recuperar o sistema agrícola do país sai mais barato que do que importar alimentos. Com US$ 100 é possível ajudar um agricultor a produzir 1 tonelada de trigo, informa a FAO.

O diretor da FAO, José Graziano da Silva, declarou esta quarta-feira que o conflito "dizimou o setor agrícola, com forte impacto nos estoques de alimentos e nos mercados".

Aumento

Segundo ele, mais da metade dos sírios que continuam no país sofrem de insegurança alimentar e uma entre três pessoas não têm dinheiro para comprar comida básica.

Com o colapso da produção de alimentos, o preço do arroz chegou a subir 650% e o da farinha de trigo aumentou até 300% nos últimos 18 meses. Graziano da Silva destaca que sem financiamento, mais agricultores não terão outra opção a não ser abandonar suas terras ou sair do país.

Os agricultores estão sem sementes, fertilizantes e a produção de gado também está sob risco. As mulheres representam 63% da força de trabalho agrícola da Síria e lutam para manter a produtividade das terras.

Apesar dos desafios, a FAO continua apoiando as comunidades rurais sírias e somente no ano passado, 1,5 milhão de pessoas receberam sementes. A expectativa da agência é de que sejam produzidas 119 mil toneladas de cereal quando o verão chegar no Hemisfério Norte.

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 14 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031