FAO apresenta plano de US$ 50 milhões contra seca na Etiópia

Ouvir /

País enfrenta a pior estiagem em 30 anos, influenciada pelo forte El Niño; agência da ONU fala em mais de 10 milhões a sofrer de insegurança alimentar; plano de emergência tem gado e colheitas como foco.

Plantação totalmente seca na Etiópia. Foto: FAO

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque. 

O atual episódio do fenómeno El Niño é um dos mais fortes ocorridos nas últimas décadas e já causou problemas nas colheitas, matou gado e deixou 10,2 milhões de pessoas na Etiópia a sofrer com a insegurança alimentar.

O alerta foi feito esta sexta-feira pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO. A agência apresentou o seu plano de resposta emergencial ao país do Corno de África.

Impactos Negativos

O projeto tem o custo de US$ 50 milhões e segundo o representante da FAO para a Etiópia, a expectativa é de que a situação continue severa em 2016.

Amadou Allahoury informou que as últimas duas temporadas de colheitas não foram bem-sucedidas, por isso a importância de garantir o sucesso da estação de plantio que começa agora.

A continuação da seca neste início de ano significa que o pasto ficará mais escasso, causando impactos negativos no gado. Assim, o acesso à comida será mais difícil e é possível que o preço dos alimentos suba e os estoques de se esgotem.

Produção

A FAO explica que o fenómeno El Niño está associado ao aumento da temperatura ao nível do mar em partes do Oceano Pacífico, o que causa efeitos severos na temperatura global. Enquanto algumas regiões enfrentam secas e redução nas chuvas, outras sofrem com as cheias.

Atualmente, a produção nas plantações da Etiópia caiu entre 50% e 90% em algumas regiões e no leste, está totalmente estagnada. Centenas de milhares de cabeças de gado morreram.

Com a produção alimentar impactada, as taxas de má nutrição aumentaram. O plano apresentado pela FAO tem em vista ajudar 1,8 milhão de agricultores e pastores.

Crise

A primeira fase do projeto decorre entre janeiro e junho, com a distribuição de sementes, com projetos de irrigação em pequena escala, e atividades de jardinagem.

Outras 293 mil famílias serão beneficiadas com intervenções no gado, com a distribuição de ração para os animais, de 3 milhões de vacinas e o envio de 100 mil cabras e ovelhas para áreas vulneráveis.

A FAO destaca que na Etiópia, o El Niño não é apenas uma crise alimentar, é acima de tudo uma crise de sustento, que está a afectar a capacidade de produção agrícola da população.

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031