Chegada de turistas internacionais sobe 4,4% e atinge novo recorde em 2015

Ouvir /

Quase 1,2 bilhão de pessoas viajaram para outros países no ano passado, 50 milhões a mais do que em 2014; segundo agência da ONU, este foi o sexto ano consecutivo de alta; Europa foi principal destino; gastos do Brasil diminuem.

Uso sustentável dos habitats. Foto: ONU/Stan Reynolds

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Quase 1,2 bilhão de pessoas viajaram para outros países no ano passado, fazendo com que a chegada de turistas internacionais subisse 4,4%. A Organização Mundial do Turismo, OMT, destaca que o setor atingiu um novo recorde, sendo que 2015 foi o sexto ano consecutivo de crescimento.

Foram 50 milhões a mais de turistas internacionais na comparação com 2014. O secretário-geral da agência da ONU, Taleb Rifai, declarou esta segunda-feira que a boa performance do setor "está contribuindo para a criação de empregos e para o crescimento econômico" em várias partes do mundo.

Europa e Américas

Os resultados de 2015 foram influenciados pela taxa de câmbio, preço do petróleo, por desastres naturais e crises em vários países. Europa, Américas e Ásia-Pacífico foram as regiões que tiveram alta de 5% na chegada de turistas.

No Oriente Médio, o crescimento foi de 3%, enquanto na África houve uma queda de 3%, principalmente devido a fracos resultados na África do Norte, que recebe cerca de um terço dos turistas da região.

A Europa recebeu 609 milhões de turistas internacionais, sendo a região mais procurada. Os principais destinos foram o norte e o sul do continente. Em segundo lugar vem Ásia-Pacífico, que recebeu 227 milhões de pessoas.

Alta do Dólar

A região das Américas consolidou os resultados de 2014, recebendo no ano passado 191 milhões de turistas. A alta do dólar estimulou saídas a partir dos Estados Unidos, beneficiando o Caribe e a América Central, com crescimento de 7%. Já as Américas do Sul e do Norte receberam 4% a mais de turistas.

No Oriente Médio, foram 54 milhões de chegadas de turistas internacionais. A OMT revela que a África recebeu 53 milhões, mas nota que os dados para o continente são limitados.

Real

O balanço da agência da ONU revela ainda que os chineses são os que mais viajam: Japão, Tailândia, Estados Unidos e nações da Europa são os destinos preferidos.

Por outro lado, a situação econômica na Rússia e no Brasil, em especial a depreciação do real, fez com que os turistas desses países gastassem menos no ano passado.

Já os gastos dos turistas dos Estados Unidos e do Reino Unido subiram 9% e 6% respectivamente, enquanto os gastos vindos da Alemanha, Itália e Austrália permaneceram estáveis.

A expectativa da OMT para 2016 é bastante positiva e a agência calcula que as viagens de turistas internacionais devem aumentar 4% neste ano, com forte crescimento na Ásia e nas Américas.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031