Ban quer que Iémen reconsidere expulsão do chefe de direitos humanos no país

Ouvir /

Secretário-geral reitera plena confiança no representante da área em Sanaa; agências de notícias locais informaram que ele foi declarado persona non grata pelo Ministério das Relações Exteriores na quinta-feira.

Ban Ki-moon. Foto: ONU/Evan Schneider

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apelou ao Governo do Iémen que reconsidere a sua posição de expulsão do representante do Escritório do Alto Comissariado para os Direitos Humanos em Sanaa.

Em nota, Ban condena a decisão iemenita e reitera a sua plena confiança no funcionário da ONU, que segundo agências de notícias locais foi declarado persona non grata na quinta-feira pelo Ministério das Relações Exteriores.

Avaliações

De acordo com os relatos das agências, o representante teria sido “acusado de falta de imparcialidade em suas avaliações sobre a situação dos direitos humanos no país”.

Ban disse estar extremamente também preocupado com a segurança do pessoal nacional e internacional restante, e recorda que o povo do Iémen tem sofrido graves violações.

O chefe da ONU disse que o Escritório de Direitos Humanos da ONU ajuda a documentar de forma ativa e eficaz esses abusos, além de promover e proteger esses princípios enquanto reforça a justiça e a responsabilização.

Estabilidade 

O secretário-geral realça que o respeito pelos direitos humanos é essencial para a paz e a estabilidade a longo prazo e que ao impedir o trabalho da ONU sobre a área o governo não assume as suas obrigações.

Para Ban, essa ação só pode ser prejudicial para o retorno do país à paz e à estabilidade.

Ban mencionou a Iniciativa Direitos Humanos Antes de Tudo, ao destacar que os funcionários da organização nunca devem ser ameaçados ou sancionados por fazer o seu trabalho baseado na Carta das Nações Unidas.

Leia Mais:

ONU alerta que conflito no Iêmen matou mais de 2,7 mil pessoas

PMA pede a partes em conflito no Iêmen que permitam distribuição de comida

ONU anuncia fim das hostilidades e início das negociações de paz no Iêmen

ONU observa piora drástica no Iémen, com mais de 5,7 mil mortos

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031