Ban pede a Israel mudança na política de terras

Ouvir /

Secretário-geral cita decisão do governo israelense de declarar como seu  "território" 149 hectares de terra na Cisjordânia; ele afirmou que "se implementada, a medida vai significar a maior apropriação por parte de Israel na Cisjordânia, desde agosto de 2014.

Crianças palestinas em acampamento de refugiados em Jericho. Foto: ONU/Stephenie Hollyman

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu esta quinta-feira que Israel modifique de forma "substancial" suas políticas na região.

Em comunicado, Ban expressou preocupação com a decisão do governo israelense em declarar 149 hectares de terra na região ocupada da Cisjordânia, ao sul de Jericó, como seu "território".

Apropriação

O chefe da ONU afirmou que "se implementada, a declaração vai constituir a maior apropriação de terra por Israel na Cisjordânia, desde agosto de 2014".

O secretário-geral reiterou o pedido de mudança da política israelense na região que vai acabar melhorando a vida dos palestinos.

Segundo Ban, as atividades de assentamento representam uma violação da lei internacional e vão contra os pronunciamentos públicos do governo de Israel em apoio à solução de dois Estados para o fim do conflito.

A criação de dois Estados, Israel e Palestina, vivendo lado a lado em paz e segurança é o principal objetivo dos diplomatas do Quarteto, grupo formado pela ONU, pela União Europeia, pelos Estados Unidos e pela Rússia, para resolver a crise no Oriente Médio.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031