Ban condena e exige fim das atividades nucleares na Coreia do Norte

Ouvir /

Secretário-geral da ONU condenou o teste nuclear subterrâneo anunciado pelo país nesta quarta-feira e chamou a ação de "profundamente preocupante"; Conselho de Segurança faz reunião a portas fechadas sobre o assunto.

Ban Ki-moon em declarações a jornalistas. Foto: ONU/Mark Garten

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU condenou o teste nuclear subterrâneo anunciado pela Coreia do Norte nesta quarta-feira e chamou a ação de "profundamente preocupante".

Ban Ki-moon exigiu que o país "interrompa quaisquer outras atividades nucleares e cumpra suas obrigações para que o processo possa ser verificado".

Segurança Regional

Falando a jornalistas na sede da ONU, em Nova York, o secretário-geral declarou que este teste "mais uma vez viola diversas resoluções do Conselho de Segurança, apesar do pedido conjunto da comunidade internacional para a interrupção de tais atividades".

Ban afirmou que o ato é também uma "grave contravenção" da norma internacional contra testes nucleares.

Desestabilizador

Para ele, a ação é "profundamente desestabilizadora para a segurança regional e prejudica gravemente as ações internacionais de não-proliferação".

Ban afirmou que a ONU está monitorando e avaliando os acontecimentos em cooperação com organizações internacionais da área, incluindo a Comissão sobre o Tratado de Proibição de Testes Nucleares, Ctbto, e partes interessadas.

Antes de falar com a imprensa, o secretário-geral se reuniu com seus principais acessores para discutir o assunto.

No fim da manhã desta quarta-feira, o Conselho de Segurança inicia consultas a portas fechadas sobre a questão.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031