Ban afirma que agora é "a hora de ação"

Ouvir /

Secretário-geral da ONU disse que governos, setor privado, organizações nacionais e internacionais devem começar a trabalhar na implementação da Agenda 2030; declaração foi feita em discurso na Conferência Mundial de Energia Futura em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

Ban Ki-moon em discurso em Abu Dhabi. Foto: ONU/Mark Garten

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou esta segunda-feira que agora "é o momento de ação". Segundo ele, governos, setor privado, organizações nacionais e internacionais devem começar a trabalhar na implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A declaração foi feita durante discurso na Conferência Mundial de Energia Futura, realizada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

ODS 7

Ban disse que o ODS7 é claro: garantir acesso confiável e de baixo custo à energia moderna e sustentável para todos.

O chefe da ONU declarou que isso vai ter um impacto enorme sobre a mudança climática ao reduzir as emissões de gases que causam o efeito estufa, indiretamente salvando mais de 4 milhões de vidas por ano.

Outros benefícios citados por Ban são a melhora da saúde pública e salvaguardar o crescimento econômico.

Ele explicou que para o mundo conseguir manter o aumento da temperatura global abaixo dos 2º centígrados e até mesmo 1,5º C é preciso acelerar urgentemente o uso de fontes de energia sustentável.

Segurança e Saúde

Para o secretário-geral, se o ODS7 for alcançado antes de 2030, será possível melhorar as chances da comunidade internacional de atingir também os objetivos em relação à segurança, cuidados de saúde, educação, empregos, entre outros.

Ele disse que o mundo registrou um bom começo nesse sentido e alcançou progressos em várias frentes.

Ban afirmou que os preços no fornecimento de energia solar caíram. Uma nova geração de aparelhos eletrodomésticos que economizam energia estão ajudando também as pessoas.

O chefe da ONU disse que os países precisam transformar a economia mundial. As emissões devem ser cortadas de forma drástica, os subsídios contraprodutivos devem acabar e governos e setor privado devem alinhar suas decisões.

Geração

Ban lembrou que esta é a "primeira geração com chance de acabar com a pobreza e a última geração com chance de combater a mudança climática".

O secretário-geral deixou claro que a "energia limpa" é a chave nesses dois casos.

Em um vento mais tarde, sobre o Dia de Ação de Abu Dhabi, Ban falou sobre exemplos de soluções utilizando energia sustentável.

Ele citou alunos de uma escola secundária na Nova Zelândia que estão fabricando paineis solares, uma academia na Coreia do Sul que constroi jardins nos telhados dos edifícios e adolescentes da Somália que estão trabalhando num novo sistema de biogás.

Ban Ki-moon afirmou que esse é o espírito do Dia de Ação. Segundo o chefe da ONU, essa é a energia que o mundo precisa.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031