Aumentam tensões étnicas na República Democrática do Congo, alerta a ONU

Ouvir /

Confrontos no leste do país envolvem comunidades hutu e nande e rebeldes das Fdlr contra milícias Mai Mai; atualização da operação de paz aponta para pelo menos 14 civis assassinados na quinta-feira.

Missão da ONU na República Democrática do Congo. Foto: Monusco.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco, anunciou que nas últimas semanas aumentaram as tensões étnicas entre as comunidades hutu e nande no leste do país.

De acordo com a informação emitida pela operação de paz ocorrem igualmente mais confrontos entre rebeldes das Forças Democráticas de Libertação do Ruanda, Fdlr, e as milícias Mai Mai.

Mortos, Feridos e Sequestrados

Na quinta-feira, 14 civis teriam sido assassinados pelas Fdlr em ações que provocaram oito feridos graves. Duas pessoas foram raptadas na província de Kivu do Norte.

A ONU considera as milícias, na sua maioria são compostas por ruandeses da etnia hutu, “um dos maiores obstáculos para a paz” na região oriental do país, onde ocorrem mais confrontos entre fações.

No país marcado por conflitos há mais de duas décadas, a Monusco tem cerca de 20 mil homens para proteger os civis e apoiar o governo nos seus esforços de estabilização e de consolidação da paz.

*Apresentação: Denise Costa.

Leia Mais:

Sul-africano substitui brasileiro no comando de forças de paz na RD Congo

Retrospectiva 2015: o ano nas Missões de Paz da ONU

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031