Apelo de mais de US$ 500 milhões para crises nigeriana e centro-africana

Ouvir /

Acnur prevê auxílio para centenas de milhares de pessoas obrigadas a fugir para a região; valor deve apoiar refugiados e populações anfitriãs; agência cita casos diários de violência no nordeste da Nigéria e na República Centro-Africana.

Mais de US$ 500 milhões serão necessários para ajudar centenas de milhares de pessoas que foram forçadas a fugir de conflitos na Nigéria e na República Centro-Africana. Foto: Acnur/Ibrahim Abdo

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Mais de US$ 500 milhões serão necessários para ajudar este ano a centenas de milhares de pessoas que foram forçadas a fugir de conflitos na Nigéria e na República Centro-Africana.

A informação foi dada esta segunda-feira pelo Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, e pelos seus parceiros. As agências destacam também a necessidade de abrigo e de outros serviços básicos para comunidades anfitriãs.

Planos

Numa conferência de doadores realizada na capital dos Camarões, Yaoundé, foram apresentados dois Planos Regionais para Resposta aos Refugiados.

Cerca de US$ 198 milhões devem ser aplicados para apoiar 230 mil refugiados nigerianos e aproximadamente 284,3 mil membros de comunidades de acolhimento em países como Níger, Chade e Camarões.

Crises Humanitárias

Por outro lado, mais de US$ 345 milhões devem servir para prestar auxílio a 476.300 refugiados centro-africanos e 289 mil anfitriões nos vizinhos Chade, Camarões, República Democrática do Congo e República do Congo.

De acordo com a coordenadora regional para as Situações dos Refugiados na Nigéria e na República Centro-Africana, ambas as crises humanitárias não devem ser esquecidas e não desaparecem.

Para Liz Ahua, o sofrimento é grande e as necessidades tornam-se mais agudas entre as comunidades deslocadas e hospedeiras.

Novos Deslocamentos

A representante disse ainda que a violência ocorre quase diariamente no nordeste da Nigéria e em território centro-africano, criando medo e novos deslocamentos na região.

Ahua citou ataques suicidas, sequestros, assassinatos indiscriminados e massivos, além de abusos dos direitos humanos.

A responsável disse haver “uma luz no fim do túnel”, mas que esta não será vista se não houver um compromisso muito mais forte de governos africanos e da comunidade internacional para ajudar a restabelecer a estabilidade e a paz.

Táticas de Terror

Em 2015, o plano de resposta nigeriano teve 52% das necessidades financeiras satisfeitas, enquanto o da República Centro-Africana recebeu apenas 27% do que estava previsto.

O Acnur destaca passos importantes que foram dados para restabelecer a estabilidade nos dois países, mas indica ter havido um revés significativo em termos do deslocamento da população no mesmo período.

Na Nigéria, o governo obteve ganhos em territórios controlados pelo Boko Haram, mas o grupo insurgente levou a cabo táticas de terror nos países vizinhos.

Impacto

A relativa paz alternada por ondas de violência na República Centro-Africana teve impacto na  RD Congo.

Em dezembro, a primeira volta das eleições presidenciais centro-africanas decorreu de forma pacífica e incluiu dezenas de milhares de refugiados no Chade, na República do Congo e nos Camarões, mas aguarda-se a segunda volta em fevereiro.

Refúgio e Assistência

Em países como os Camarões, o Acnur destaca que as duas crises vão continuar a impor grandes desafios durante todo o 2016, porque no território é oferecido refúgio e assistência aos refugiados nigerianos e centro-africanos.

O país anfitrião vai precisar de US$ 130 milhões para ajudar 234,5 mil refugiados centro-africanos e quase 216 mil pessoas de comunidade de acolhimento. Por outro lado, serão precisos US$ 56 milhões para mais de 100 mil refugiados nigerianos e 20 mil pessoas de comunidades locais.

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031