ONU retira combatentes e feridos da região de Homs, na Síria

Ouvir /

Ação vai permitir a entrada de ajuda humanitária para 60 mil pessoas que vivem na área e não têm acesso à assistência; operação contou com a participação do Crescente Vermelho Árabe na Síria.

Soldado da paz das Nações Unidas em Homs, na Síria. Foto: ONU/David Manyua

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A ONU e a organização Crescente Vermelho Árabe na Síria retiraram mais de 300 combatentes e suas famílias da região de Al Waer, em Homs, na Síria.

No total, cerca de 700 pessoas foram retiradas da região incluindo também feridos que foram levados para a província de Idleb, seguindo acordo firmado entre o governo sírio e um comitê especial de Al Waer.

Assistência Humanitária

A ação vai permitir agora a entrada de assistência humanitária para mais de 60 mil sírios que vivem na região e não tinham acesso a qualquer tipo de ajuda por causa da violência.

O coordenador do Escritório Humanitário da ONU na Síria, Yacoub El-Hillo, afirmou que "essas operações urgentes são essenciais para permitir que organizações parceiras alcancem milhares de pessoas em regiões de difícil acesso e que necessitam desesperadamente de assistência".

Cessar-Fogo

O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, afirmou que o objetivo das Nações Unidas "é chegar, o mais rápido possível, a um acordo de cessar-fogo nacional".

Ele explicou que enquanto isso, "iniciativas como essa em Homs têm grande valor e fornecem alívio às comunidades e pessoas isoladas em várias regiões".

De Mistura disse que "essas ações ajudam na percepção de que um acordo de cessar-fogo nacional pode ser alcançado por todas as partes envolvidas na crise e que a ONU pode e fará a sua parte no processo".

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031