ONU anuncia fim das hostilidades e início das negociações de paz no Iêmen

Ouvir /

Iniciativa tem como objetivo acabar com os conflitos que já mataram quase 6 mil pessoas; reunião incluindo as partes envolvidas na crise do país acontece na Suíça em local não divulgado.

Ould Cheikh Ahmed. Foto: ONU/Amanda Voisard

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O enviado especial do secretário-geral para o Iêmen, Ould Cheikh Ahmed, anunciou esta terça-feira o fim das hostilidades no Iêmen durante o início das negociações de paz entre as partes envolvidas no conflito.

A reunião acontece na Suíça, em local não divulgado e o objetivo do encontro é acabar com os nove meses de confrontos e lutas que já causaram a morte de quase 6 mil pessoas no país.

Sofrimento

Cheikh Ahmed pediu aos participantes que respeitem os termos do acordo para pôr um fim às hostilidades.

Ele disse que "o povo iemenita está passando por um sofrimento sem precedentes no momento em que o país é consumido pela violência e o conflito armado".

O enviado especial da ONU afirmou que a crise só vai acabar através de uma solução política e que a violência tem de chegar ao fim.

O porta-voz e diretor do Serviço de Informação da ONU, Ahmad Fawzi, declarou que a meta das consultas de paz apoiadas pelas Nações Unidas é alcançar um acordo duradouro para o Iêmen.

Cessar-Fogo

As partes envolvidas no conflito devem estabelecer um cessar-fogo amplo e permanente, devem também melhorar a situação humanitária e garantir o retorno a um processo de transição política pacífico.

Participam da reunião na Suíça representantes do governo iemenita e delegações Houthi-GPC. A principal tarefa será fazer com que eles concordem em como implementar a resolução do Conselho de Segurança 2216, aprovada em abril.

O documento determina o fim da violência e pede a retirada dos Houthis da capital do país, Sanaa e de outras cidades ocupadas entre o final de 2014 e início deste ano.

Além disso, o Conselho de Segurança diz que os lados envolvidos no conflito têm de evitar ações unilaterais que possam pôr em risco o processo de transição política.

Leia Mais:

Relatório revela exploração de migrantes no Norte de África

Condições do clima pioram, mas refugiados continuam chegando à Grécia

ONU anuncia negociações de paz para o Iêmen

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031