Entrevista: Moçambique desenterrou mais de 200 mil minas antipessoais

Ouvir /

Processo de desminagem. Foto: ONU/JC McIlwaine

O diretor do Instituto Nacional de Desminagem de Moçambique considera “uma vitória da comunidade internacional” o sucesso obtido pelo país após desenterrar 214 mil minas em todos os campos identificados.

Falando à Rádio ONU, de Genebra, Alberto Augusto declarou que o empenho nas ações de desminagem resultou na declaração de um país livre de minas. A cidade suíça reúne os Estados Partes da Convenção sobre Proibição de Minas Antipessoais.

Moçambique espera que a etapa pós-minas permita melhorar a extração de recursos minerais e outras atividades para o desenvolvimento. Países como Angola, Guiné-Bissau e Portugal também colaboraram na retirada de minas.

Na conversa, o responsável chama a atenção para a possibilidade de alguns engenhos poderem vir a ser encontrados nos próximos anos. O país forma centenas de elementos das forças de segurança para lidar com tais situações.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Duração: 5’43″

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031