Sudão do Sul: Missão da ONU apoia ações após queda de avião

Ouvir /

Operação de paz enviou tropas a pedido das autoridades do Aeroporto Internacional de Juba; pelo menos 36 pessoas morreram após o avião cair pouco tempo depois de levantar voo.

Tropas da ONU no Sudão do Sul. Foto: Unmiss

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão da ONU no Sudão do Sul, Unmiss, informou que apoia ações de recuperação e busca após a queda de um avião de carga Antonov, que esta quarta-feira provocou a morte de pelo menos 36 pessoas em Juba.

A operação de paz disse que tropas foram enviadas ao local como parte da assistência pedida pelas autoridades aeroportuárias do país.

Confirmação

O aparelho caiu pouco tempo depois de descolar a 800 metros da pista do Aeroporto Internacional de Juba. A confirmação dos mortos foi feita pelo ministro sul-sudanês dos Transportes.

O membro do governo disse ainda que duas pessoas foram encontradas com vida, mas momentos depois uma delas acabou por morrer.

Agências de notícias citam um oficial da polícia e testemunhas oculares indicando que haveriam até 41 corpos no local.

Famílias

Em Nova Iorque, o porta-voz das Nações Unidas disse  em conferência de imprensa que o avião não estava associado à organização.

A terminar a nota, a Unmiss expressou condolências ao Governo do Sudão do Sul e às famílias dos que perderam a vida no acidente.

Leia Mais:

Unmiss consegue libertar com segurança reféns no Alto Nilo

Unmiss pede libertação de trabalhadores que continuam reféns no Sudão do Sul 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031