ONU envia segurança a hotel tomado por “terroristas” no Mali

Ouvir /

Operação de paz anunciou ajuda com segurança e recursos médicos; hotel foi invadido esta sexta-feira em Bamako, capital do país; agências de notícias informaram que  pelo menos três pessoas morreram e dezenas de reféns teriam sido libertados.

Soldados da paz das Nações Unidas no Mali. Foto: Minusma

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas no Mali, Minusma, informou esta sexta-feira que está a apoiar às autoridades do Mali com reforços de segurança e recursos médicos enviados ao hotel invadido por “terroristas” na capital Bamako.

Agências de notícias disseram que três pessoas foram mortas a tiros e dois soldados do exército foram feridos após a entrada de homens armados ao hotel Radisson Blu. De acordo com os relatos, as forças de segurança cercaram os atacantes que estariam com 137 pessoas no interior do edifício.

Reféns

As instalações são frequentadas por representantes de companhias estrangeiras e tripulantes de linhas aéreas. As autoridades malianas disseram que pelo menos 30 reféns teriam sido libertados.

Na nota, o representante especial do secretário-geral das Nações Unidas no  Mali, Mongi Hamdi, deplora o “ataque terrorista” e expressa o seu apoio aos afetados.

Eventos Violentos

No Mali, a ONU apoia o governo em ações para restaurar a estabilidade e reconstruir o país, após uma série eventos violentos ocorridos desde 2012.

Desde o período, a nação africana sofreu um golpe militar, foi palco de combates entre o exército e rebeldes tuaregues e teve uma parte do território ocupada por forças extremistas radicais.

Leia Mais:

Cerca de 30 ataques contra ONGs registados no Mali

Mulheres estão a liderar a recuperação do Mali

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031