OMS aumenta ações em todo o mundo em preparação para o El Niño

Ouvir /

Segundo um relatório da agência sobre o assunto, o fenômeno climático é uma "grande preocupação de saúde pública"; na América do Sul, por exemplo, as chuvas intensas pouco comuns causaram enchentes e deslizamento de terra.

Inundações e secas causadas pelo El Niño causam impactos de saúde significativos em todo o mundo. Foto: Curt Carnemark / Banco Mundial

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, está aumentando suas ações com escritórios regionais e parceiros para orientar os países sobre preparação e resposta ao El Niño.

Segundo um relatório da agência, o fenômeno climático é uma "grande preocupação de saúde pública e tem o potencial de exacerbar os riscos de saúde associados ao clima extremo em diversas partes do mundo".

Emergências

A publicação da OMS também menciona que os impactos de saúde relacionados ao El Niño dependem de vulnerabilidades locais, preparação e capacidades de resposta, além do clima local.

O relatório diz ainda que o fenômeno oferece uma oportunidade de reforçar a preparação de comunidades e países aos riscos e prontidão da OMS e seus parceiros para emergências.

A agência da ONU está ajudando na criação de sistemas de saúde resilientes e a melhorar o gerenciamento do risco de emergência, como também está aumentando a conscientização sobre o assunto.

Enchentes e Secas

Extensas inundações e secas causadas pelo El Niño causam impactos de saúde significativos em todo o mundo, segundo  o relatório.

Chuvas fortes, por exemplo, levaram à insegurança alimentar e grande redução econômica na agricultura na região do Chifre da África e na parte oriental do continente e à propagação de doenças transmitidas pela água, como o cólera.

América do Sul

Na América do Sul, as chuvas intensas pouco comuns causaram enchentes e deslizamentos de terras, destruindo casas e infraestruturas.

A seca, outro impacto do El Niño, levou à escassez de água nas ilhas do Pacífico, causando uma piora nas colheitas e aumentando a mortalidade por doenças relacionadas à desnutrição.

Entre outros impactos atribuídos ao El Niño, estão o deslocamento da população e problemas psicossociais.

Leia Mais:

FAO: clima adverso faz preço dos alimentos crescer 3,9% em outubro | Rádio das Nações Unidas

Venda de cabeça de gado a US$ 7,5 retrata seriedade da seca na Etiópia | Rádio das Nações Unidas

Primeiros nove meses de 2015 são os mais quentes da história | Rádio das Nações Unidas

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE JUNHO DE 2016
JORNAL DA ONU - BRASIL (5 MIN), 29 DE JUNHO DE 2016
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

junho 2016
S T Q Q S S D
« mai    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930