OIM ajuda etíopes refugiados a retornar para casa

Ouvir /

Civis estavam a viver no Iémen e em Djibouti; grupo de 54 pessoas incluia 22 menores desacompanhados; em coordenação com o Unicef, é feita a tentativa de reintegração com as famílias.

Menores de idade desacompanhados dos pais são cada vez mais frequentes. Foto: ONU/Eskinder Debebe

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Organização Internacional para Migrações, OIM, ajudou 54 refugiados da Etiópia a retornar a casa. Parte dos civis vivia no Iémen e a outra no Djibouti.

O grupo incluía 22 menores desacompanhados, como uma menina de 12 anos que contou à OIM que fugiu da Etiópia com uma amiga de 20 anos, na promessa de conseguir um trabalho.

Reencontro

Quando soube da guerra no Iémen, a jovem decidiu abandonar o Djibouti e voltar para a Etiópia, mas a amiga preferiu ficar no Iémen. Segundo a OIM, a rapariga e outros 21 meninos estão a passar por um processo de busca pelos seus familiares.

Em coordenação com o Unicef, a equipa da OIM em Addis Abeba tenta reunir essas crianças com suas famílias. O trabalho também é feito em conjunto com o Ministério das Mulheres, das Crianças e dos Jovens da Etiópia.

Somente no mês de outubro, 137 etíopes que viviam no Dijibouti foram repatriados. Destes, 29 eram menores de idade que estavam desacompanhados dos pais.

*Apresentação: Alexandre Soares.

Venda de cabeça de gado a US$ 7,5 retrata seriedade da seca na Etiópia

Alemanha, Burundi e Venezuela eleitos para o Conselho de Direitos Humanos

Apesar do conflito, refugiados continuam a chegar ao Iémen

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031