Moçambique: projeto apoiado pelo Pnud quer levar bicicletas a 125 mil

Ouvir /

Aposta da Mozambikes é que veículos de marca cheguem aos mais pobres a preços acessíveis; preço de cada unidade ronda os US$ 20; duas em cada três pessoas em áreas rurais caminham mais de uma hora para ter acesso a um centro de saúde.

Foto: Divulgação Mozambikes

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A organização social Mozambikes, de Moçambique, aliou-se à iniciativa global Chamada de Ação Empresarial, Bcta, para vender bicicletas de marca a preços acessíveis a milhares de cidadãos mais pobres do país.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, é um dos principais mentores da parceria com a sociedade civil, que envolve outras organizações no combate à pobreza através de negócios inclusivos.

Rede Nacional

Com o modelo moçambicano, a meta é chegar a mais de 50 mil pessoas no país até 2018. Nos próximos cinco anos, a ideia é que uma rede nacional de vendas e distribuição do meio de transporte alcance cerca de 125 mil pessoas.

A Rádio ONU conversou com o cofundador da iniciativa Mozambikes, Rui Mesquita, de Maputo. Ele falou do envolvimento de jovens no modelo de negócios, que até 2020 pretende chegar a 25 mil pessoas por ano.

“Procuramos que os lucros estejam alinhados com a missão social do projeto. Que é reduzir a pobreza ao facilitar o transporte de pessoal de baixo custo e altamente eficiente. Oferecendo ao mercado as bicicletas de baixo custo e de melhor qualidade fazendo com que várias empresas e instituições consigam ver o potencial e o impacto das bicicletas e nas zonar rurais e se juntem a nós.”

Parceiros

A Mozambikes importa peças dos veículos para serem montados localmente com a marca, as cores e logótipos de organizações que depois poderão atribuir aos seus parceiros. O preço de cada bicicleta é de menos de US$ 20 e devem servir como meios de transporte, de incentivo ou usados em ações de responsabilidade social.

Várias organizações também podem anunciar nos veículos, numa ação que permite que a venda das bicicletas aos consumidores saia a preços mais acessíveis.

O Pnud destaca também o facto de a Mozambikes formar pessoas e oferecer serviços pós-venda, que incluem sessões para treinar mulheres e campanhas de segurança rodoviária.

Indústria de Bicicletas

A agência da ONU realça a intenção da parceria em estabelecer a indústria de bicicletas no país onde 54% da população vive abaixo da linha da pobreza.

Nas áreas rurais, a maioria das pessoas caminha longas distâncias e carece de serviços básicos. Estima-se que dois terços dos habitantes dessas áreas sejam obrigados a andar mais de uma hora para ter o acesso a um centro de saúde.

*Apresentação: Denise Costa.

Leia Mais:
Pnud apoia iniciativa para dar água segura a mais de meio milhão no Malaui

Natura treinará mexicanas como parte de programa do Pnud

Iniciativa apoiada pela ONU vai dar acesso a 3 milhões de telemóveis

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031