Ban expressa "profundas condolências" nos 20 anos do assassinato de Rabin

Ouvir /

Secretário-geral disse que ex-primeiro-ministro dedicou vida à segurança de Israel; chefe da ONU afirmou que o líder israelense foi morto por opositor ao processo de paz.

Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Foto: ONU/Mark Garten

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, expressou suas "profundas condolências" aos cidadãos de Israel por ocasião dos 20 anos do assassinato do primeiro-ministro Yitzhak Rabin.

Notando as atuais tensões na região, o chefe da ONU fez um apelo para que todos os lados sejam guiados pela percepção do ex-líder israelense de que "o caminho para a segurança e força verdadeiras é através do diálogo e do acordo".

Vida Dedicada

Em nota, Ban afirmou que Rabin "dedicou sua vida à segurança de sua pátria".

Chamando o ex-líder israelense de "heróico homem de paz", o secretário-geral pediu a todos que sejam firmes contra a violência e o incitamento.

Amigos e Inimigos

Segundo o chefe da ONU, Rabin "morreu depois de corajosamente ter aceitado a necessidade e a oportunidade de embarcar em negociações de paz sérias com os palestinos, reconhecendo, como ele disse, que não se faz paz com amigos, só se pode fazer paz com inimigos".

Ban afirmou que o ex-líder israelense foi "assassinado por um adversário do processo de paz" no momento em que este estava próximo de um "avanço histórico".

Esperanças

O secretário-geral mencionou que desde então, "terrorismo, expansão dos assentamentos e progresso hesitante na implementação dos acordos entre israelenses e palestinos têm, repetidas vezes, despedaçado esperanças".

Para o chefe da ONU, atualmente, "as vozes da maioria que apoia a paz e se opõe à violência estão sendo afogadas por retórica incendiária e ações chocantes realizadas por extremistas em todos os lados".

*Apresentação: Laura Gelbert.

Leia Mais:

Abbas diz que paz só será alcançada com a independência da Palestina | Rádio das Nações Unidas

ONU saúda compromisso para restaurar calma em locais sagrados em Jerusalém | Rádio das Nações Unidas

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031