Ban: crimes contra mulheres e abuso doméstico são ameaças ao progresso

Ouvir /

Declaração do secretário-geral está em mensagem sobre o Dia Internacional para Eliminação da Violência a Mulheres, esta quarta-feira 25 de novembro; Ban afirmou que famosos marcos mundiais serão iluminados de laranja para simbolizar um mundo sem violência de gênero.

Dia Internacional para Eliminação da Violência a Mulheres. Foto: ONU Mulheres/Samir Jung Thapa

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Em mensagem sobre o Dia Internacional para Eliminação da Violência a Mulheres, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, declarou: "os crimes atrozes cometidos contra mulheres e meninas em zonas de conflito e o abuso doméstico, encontrado em todos os países, são graves ameaças ao progresso".

A data é celebrada esta quarta-feira, 25 de novembro, e marca o início de 16 dias de ativismo contra violência de gênero. A iniciativa termina em 10 de dezembro, que é o Dia dos Direitos Humanos.

Laranja

Ban destacou a campanha HeForShe, pela igualdade de gênero, que busca mobilizar homens e meninos na luta pelos direitos das mulheres. Ele também ressaltou sua campanha UniTe para pôr fim à violência contra mulheres.

Famosos marcos, em diversas partes do mundo, serão iluminados de laranja, cor escolhida para simbolizar um mundo sem violência contra mulheres e meninas.

Em sua mensagem, o secretário-geral afirmou estar "profundamente preocupado" com a difícil situação de mulheres e meninas em conflitos armados, sofrendo diversas formas de violência, incluindo sexual.

Conflito e Paz

Segundo Ban, "extremistas violentos estão pervertendo ensinamentos religiosos para justificar a subjugação e o abuso em massa de mulheres".

O chefe da ONU ressaltou que até em áreas de paz, "a violência contra mulheres persiste em forma de feminicídio, violência sexual, mutilação genital, casamento precoce e violência cibernética".

Ban destacou ainda que a recém adotada Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável reconhece a importância de se eliminar a violência contra mulheres e tem metas relacionadas à questão em diversos de seus objetivos.

Leia Mais:

Comissão sobre o Estatuto da Mulher foca na igualdade em vários setores

Milhares marcham pelas ruas de Nova York pedindo igualdade de gênero

No Dia Internacional da Menina, Ban pede fim da violência de gênero

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031