Acnur pede mais US$ 96 milhões para ajudar refugiados na Europa

Ouvir /

Agência da ONU diz que dinheiro vai ser aplicado em operações de apoio na Grécia e em países dos Balcãs; situação vai ficar mais difícil com a aproximação do inverno.

Refugiados protegem-se do frio na fronteira entre a Croácia e a Sérvia. Foto: Acnur/M. Henley

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, fez um apelo esta quinta-feira por mais US$ 96,1 milhões para ajudar migrantes e refugiados que chegam à Europa.

A preocupação é maior por causa da aproximação do inverno na região, o que torna a situação ainda mais difícil.

Operações

Segundo o Acnur, o dinheiro vai ser utilizado em operações de assistência na Grécia e nos países dos Balcãs. Com esse pedido, o apelo total do Alto Comissariado já passa dos US$ 172 milhões, o equivalente a R$ 649 milhões.

O plano da agência da ONU antecipa a chegada de até 5 mil pessoas por dia na Grécia, vindas da Turquia, de agora até fevereiro do ano que vem. Durante este período, as temperaturas na região ficam abaixo de zero.

O porta-voz do Alto Comissariado, William Spindler, afirmou que "as más condições do clima vão agravar o sofrimento dos refugiados e migrantes que chegam à Grécia e viajam pela região dos Balcãs”.

Tragédia Humanitária

Ele disse que o plano tem como foco a implementação de medidas para evitar uma tragédia humanitária e a perda de vidas em países como a Croácia, a Grécia, a Sérvia, a Eslovênia e a Macedônia.

O Acnur informou que desde o início do ano, 3,4 mil pessoas morreram tentando atravessar o Mar Mediterrâneo em direção à Europa.

Spindler disse que "os refugiados vão estar expostos ao frio intenso durante a viagem. Os kits de emergência incluem casacos, cobertores e outros itens que possam proteger essas pessoas das baixas temperaturas".

A agência da ONU esclareceu que apesar de o transporte por ônibus ou trens estar disponível em vários locais, muitas vezes os refugiados e migrantes têm de caminhar por longos trechos até chegar aos centros de recepção.

O Acnur vai trabalhar de forma conjunta com autoridades nacionais e locais, assim como com a Cruz Vermelha e ONGs e serviços voluntários no fornecimento de alimentos e água para essas pessoas.

Leia Mais:

Unicef: aumenta número de mulheres e crianças refugiadas na Europa

Grécia recebeu 28 mil migrantes e refugiados durante fim de semana

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 8 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031