Quarteto para o Oriente Médio preocupado com escalada das tensões

Ouvir /

Grupo emitiu comunicado condenando atos de terrorismo e violência contra população civil; representantes dos Estados Unidos, Rússia, ONU e União Europeia pediram calma a israelenses e palestinos.

O Quarteto pediu moderação aos dois lados e também que evitem qualquer ação ou discurso provocativos. Foto: Oren Ziv/IRIN

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Os representantes do Quarteto para o Oriente Médio expressaram esta sexta-feira "grave preocupação" com a contínua escalada das tensões entre israelenses e palestinos.

O grupo, formado pelos Estados Unidos, Rússia, ONU e União Europeia, se reuniu em Viena, na Áustria, para discutir a situação na região.

Violência

O Quarteto condenou todos os atos de terrorismo e de violência contra civis e no intuito de restaurar a calma, pediu moderação aos dois lados e também que evitem qualquer ação ou discurso provocativos.

Os representantes encorajaram Israel a trabalhar junto com a Jordânia para manter o "status quo" dos locais sagrados em Jerusalém, reconhecendo o papel especial dos jordanianos no tratado de paz firmado com os israelenses.

O grupo mencionou vários comunicados e resoluções da ONU anteriores reconhecendo que somente a aplicação de medidas de segurança não vai acabar com o ciclo de violência.

Esperança

O Quarteto quer que israelenses e palestinos deem passos significativos e consistentes com os acordos firmados no passado. O objetivo é restaurar a confiança e a esperança na solução negociada de dois Estados, incluindo a situação de Jerusalém.

Outro ponto importante é o fim da ocupação que começou em 1967.

Os representantes do Quarteto reafirmaram "forte compromisso" de agir em coordenação com parceiros regionais e internacionais num esforço para estabilizar a situação.

A meta é também garantir e apoiar um acordo compreensivo e duradouro para o fim do conflito entre israelenses e palestinos. Os emissários do grupo vão viajar para a região em breve para manter contatos diretos com os dois lados.

Leia Mais:

Ban ficou muito perturbado com o que viu em Israel e na Palestina

Eliasson diz que conflito no Oriente Médio entrou em fase perigosa

Ban diz que “violência não é o caminho” para israelenses e palestinos

 

 

 

 

 

 

SONORA:

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031