ONU 70: "bandeira azul da ONU é a única que pertence a todos", diz Ban

Ouvir /

Declaração do secretário-geral está em sua mensagem sobre o Dia da ONU, celebrado neste sábado, 24 de outubro; organização completa 70 anos em 2015; monumentos em todo o mundo serão iluminados de azul como parte das comemorações.

Bandeira das Nações Unidas. Foto: ONU/John Isaac

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

Para marcar o Dia da ONU e o 70º aniversário da organização, celebrado em 24 de outubro, o secretário-geral afirmou que há apenas uma bandeira no mundo que pertence a todos: a bandeira azul das Nações Unidas.

Em mensagem sobre a data, Ban Ki-moon lembrou sua infância e declarou que a bandeira azul da ONU foi símbolo de esperança para ele crescendo na Coreia, em uma época de guerra.

Guia para Humanidade

O chefe da ONU destacou que sete décadas após sua fundação, a organização permanece como "um guia para toda a humanidade".

Ele lembrou que todos os dias, as Nações Unidas alimentam pessoas que passam fome e fornecem abrigo àqueles que foram forçados a fugir de suas casas.

Ban afirmou ainda que a organização também vacina crianças que, de outra forma, morreriam de doenças evitáveis. Ele declarou que "as Nações Unidas defendem os direitos humanos para todos, independente de raça, religião, nacionalidade, gênero ou orientação sexual".

Soldados de Paz

O secretário-geral lembrou que os soldados de paz da ONU estão nas linhas de frente de conflitos; seus mediadores levam combatentes à mesa da paz e seus trabalhadores humanitários enfrentam ambientes perigosos para entregar assistência vital.

Ban afirmou que "as Nações Unidas trabalham para toda a família humana, de 7 bilhões de pessoas", e cuidam do planeta, sua única casa.

Carta da ONU

Ele disse ainda que são os "diversos e talentosos" funcionários da organização que ajudam a tornar realidade a Carta da ONU", se referindo ao documento fundador das Nações Unidas, adotado em 1945, em São Francisco.

Para o secretário-geral, "os valores atemporais" da Carta devem permanecer como guia e que a responsabilidade compartilhada de todos é unir forças em prol do bem comum.

Sacrifício

Ban também ressaltou que este 70º aniversário é um momento para reconhecer a dedicação daqueles que servem à ONU e homenagear os muitos que "fizeram o sacrifício final em serviço".

Para marcar este aniversário, mais de 300 monumentos e prédios em mais de 75 países serão iluminados de azul, a cor oficial da ONU.

O secretário-geral pediu que nesta data seja reafirmado o compromisso com um futuro melhor e mais brilhante para todos.

Na Rádio ONU, você encontra uma página dedicada aos 70 anos das Nações Unidas com fotosvídeos, matérias especiais e entrevistas.

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031