Mediador confirma continuação de diálogo sobre a Líbia

Ouvir /

Em Tunis, Bernardino León declarou que maioria dos cidadãos do país quer uma solução política; representante de um dos parlamentos anunciou que órgão teria rejeitado a proposta de acordo.

León reiterou o apelo do secretário-geral Ban Ki-moon para que as partes endossem o acordo. Foto: ONU/Jean-Marc Ferré

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O representante do secretário-geral da ONU para a Líbia disse esta quarta-feira que o processo para formar um governo de unidade no país vai continuar apesar do que chamou de "tentativas para o desviar".

Bernardino León acrescentou que a maioria dos líbios quer uma solução política, a qual considera "a única alternativa real para a crise".

Acordo

Falando em Tunis, na Tunísia, León reiterou o apelo do secretário-geral Ban Ki-moon para que as partes endossem o acordo.

No princípio de outubro, os participantes do diálogo concordaram num texto final do entendimento político em Marrocos, após meses de negociações. O pacto prevê um governo de unidade nacional e um conselho executivo liderado por seis membros.

Proposta

Esta quarta-feira, o mediador declarou que o chefe da Câmara dos Representantes disse que o congresso teria rejeitado a proposta. Trata-se do Parlamento que foi eleito e está sedeado na cidade oriental de Tobruk.

Bernardino León afirmou que nos próximos dias vai reunir-se com os líbios e que a expectativa é ter o acordo aprovado pela maioria dos delegados dos órgãos rivais, tanto de Trípoli como de Tobruk.

Decisão

Léon declarou que a seguir ao anúncio do chefe da Câmara dos Representantes surgiu uma declaração assinada "pelo que parece ser uma maioria dos membros" do órgão de Tobruk. O documento sublinhava que nem a votação nem a decisão tomada pela Câmara dos Deputados sobre o acordo teriam sido adequadas.

Bernardino Léon disse que foi após alguma confusão criada pelo facto que reiterava que o processo continua, que não há nenhuma possibilidade de pequenos grupos ou personalidades desvirtuarem o processo e que a maioria dos líbios quer uma solução política.

Leia Mais:

Ban diz que acordo na Líbia é oportunidade para “construção do Estado”

Anunciadas nomeações para governo de unidade no diálogo sobre a Líbia

Líbia: mediador espera anúncio da proposta de governo esta quinta-feira

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031