Garantir eleições pacíficas é prioridade do novo comandante no Haiti

Ouvir /

Genebral brasileiro acabar de tomar posse como chefe das tropas da Missão de Estabilização da ONU no Haiti, Minustah; Ajax Porto Pinheiro fala também sobre a retirada gradual dos soldados de paz das Nações Unidas.

General Ajax Porto Pinheiro. Foto: Minustah/Batalhão Brabat 22

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti, Minustah, já está sob novo comando. O general Ajax Porto Pinheiro, do Brasil, tomou posse na noite de terça-feira.

Da capital Porto Príncipe, o comandante das tropas de paz da ONU explicou que sua prioridade no momento é garantir eleições pacíficas. No dia 25 de outubro, o Haiti terá eleições presidenciais e também o segundo turno das legislativas.

Esquema de Operação

Ao ser entrevistado pela Rádio ONU, o general Ajax Porto Pinheiro deu detalhes sobre as patrulhas da Minustah antes e no dia da eleição.

"O objetivo dessas patrulhas é avaliar e coletar informações para nos dar dados para que a gente possa atuar em locais sensíveis. É um trabalho de inteligência. Na próxima semana, as tropas terão um treinamento mais intensivo, com emprego de helicópteros e dois dias antes das eleições, nós já vamos colocar tropas pré-posicionadas em seis cidades que nós consideramos serem mais sensíveis, são áreas mais críticas."

O general Ajax Porto Pinheiro explicou que o outro foco do seu trabalho está de acordo com a nova resolução do Conselho de Segurança, adotada nesta quarta-feira.

Saída das Tropas

O documento amplia o mandato da Minustah por mais um ano, prevendo a retirada gradual da missão a partir de outubro de 2016. O comandantes das tropas da ONU no Haiti falou sobre a medida 

"Após as eleições, tudo transcorrendo como esperamos que transcorra, aí sim nós vamos passar para a segunda prioridade, que é a possível desmobilização das tropas previstas já para o ano que vem, com essa renovação de mandato. Nossos dois focos no momento: eleição e em seguida nós vamos passar para a desmobilização, que será feita após um estudo do grupo de avaliação que virá a Porto Príncipe após o novo governo assumir."

Essa não é a primeira vez que o general Ajax Porto Pinheiro atua no Haiti. Ele integrou as tropas brasileiras no país em 2010, logo após o terremoto, quando acompanhou de perto os trabalhos de assistência humanitária à população.

O novo comandante da Minustah substitui o general José Luiz Jaborandy Júnior, que morreu no fim de agosto de causas naturais.

Leia Mais:

 Entrevista: novo comandante da Minustah

Mandato da Missão da ONU no Haiti segue até 2016

ONU diz que Haiti está caminhando para consolidação da democracia

Ban escolhe novo comandante brasileiro da Missão da ONU no Haiti

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031