África Ocidental não regista casos de ébola pela primeira vez numa semana

Ouvir /

De acordo com a OMS, marca não era atingida desde março de 2014 ; Guiné Conacri continua a seguir  mais de 500 pessoas por terem estado em contacto com doentes.

Centro de Tratamento na Serra Leoa. Foto: Unmeer/S.Ruf.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou que não foram registados casos confirmados de ébola pela primeira vez numa semana na África Ocidental.

A atualização até 4 de outubro é a primeira a dar conta de zero casos desde março de 2014.

Pacientes

De acordo com a agência, já foram acompanhadas todas as pessoas que tiveram contacto com pacientes na Serra Leoa. O país não reporta casos pela terceira semana consecutiva.

Entretanto, mais de 500 pessoas continuam a ser seguidas na Guiné Conacri, onde permanece um risco de curto prazo.

Várias pessoas abandonaram seguimento depois de terem estado associadas a recentes cadeias de transmissão tanto no país como na vizinha Serra Leoa.

Transmissão

Desde 2013, o surto de ébola já matou 11.297 pessoas e infetou outras 28.421 na Serra Leoa, na Libéria e na Guiné Conacri.

A Libéria foi declarada livre da transmissão do vírus no início de setembro.

Leia Mais:

 

Ébola: peritos dão prazo até fim de outubro para fim de "medidas excessivas"

Na Assembleia Geral, Serra Leoa e Libéria destacam plano pós-ébola 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031