Por liderança no clima, primeira-ministra de Bangladesh ganha prêmio da ONU

Ouvir /

Premiação do "Campeões da Terra" será no dia 27 de setembro, em Nova York, no encerramento da Cúpula das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável; produtora brasileira de cosméticos Natura também será premiada.

Primeira-ministra Sheikh Hasina de Bangladesh, uma das vencedoras do prêmio Campeões da Terra das Nações Unidas. Foto: ONU/JC McIlwaine

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, anunciou nesta segunda-feira que a primeira-ministra de Bangladesh, Sheikh Hasina, é uma das vencedoras do prêmio Campeões da Terra das Nações Unidas.

A premiação é em reconhecimento às iniciativas do país para lidar com a mudança climática.

Desenvolvimento

A agência da ONU afirmou que como primeira-ministra de um dos países menos desenvolvidos do mundo, Sheikh Hasina "provou que investir na mudança climática é conducente com alcançar desenvolvimento econômico e social".

O Pnuma também mencionou que Bangladesh é um dos países mais populosos do mundo, com mais de 159 milhões de pessoas, e é um dos mais vulneráveis aos impactos da mudança climática.

Ciclones, enchentes e secas têm feito parte da história do país, mas se intensificaram nos últimos anos.

Liderança e Visão

Segundo o diretor-executivo do Pnuma, Achim Steiner, através de uma série de iniciativas políticas e investimentos, Bangladesh colocou confrontar o desafio da mudança climática no centro do seu desenvolvimento".

Ele disse ainda que Sheikh Hasina demonstrou "liderança e visão" tanto em tornar a mudança climática uma questão de prioridade nacional como em defender uma resposta global ambiciosa.

Para Steiner, ela "continua sendo um exemplo a ser seguido enquanto os líderes mundiais buscam tomar medidas sobre mudança climática como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a conferência do clima em Paris, em dezembro".

Natura

A premiação será no dia 27 de setembro, em Nova York, no encerramento da Cúpula das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável .

Além de Sheikh Hasina, outros vencedores anunciados até agora foram: a produtora brasileira de cosméticos Natura, na categoria "Visão Empresarial”; a sociedade National Geographic, na categoria "Ciência e Inovação"; e o grupo sul-africano Black Mamba de combate à caça ilegal na categoria "Inspiração e Ação".

Leia Mais:

Natura reconhecida pela ONU por seu compromisso com a sustentabilidade

Grupo sul-africano que atua no combate à caça ilegal ganha prémio da ONU

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 11 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031