Pnud apoia iniciativa para dar água segura a mais de meio milhão no Malaui

Ouvir /

Filtros de baixo custo serão entregues pela plataforma global de negócios inclusivos denominada "Business Call to Action"; iniciativa é impulsionada com entrada de firma holandesa. 

A população não trata a água de forma adequada. Foto: Unamid/Albert Gonzalez Farran

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Cerca de 540 mil pessoas terão acesso à água limpa e segura no Malaui com a entrada da compahia Basic Water Needs na plataforma global de negócios inclusivos "Business Call to Action", BctA. 

A iniciativa apoiada pelo Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud, vai distribuir filtros de baixo-custo fabricados pela firma holandesa.

Causa de Morte

De acordo com as Nações Unidas, a incidência de doenças relacionadas à água no Malaui é alta. A diarreia é a quinta maior causa de morte entre crianças menores de cinco anos, segundo o Fundo da ONU para a Infância, Unicef.

O declínio do acesso à água potável é resultado da falta de investimento em infraestruturas no país.

Água Segura

Além disso, aproximadamente 67% da população não trata a água de forma adequada para garantir que esteja segura para beber.

Anualmente, 2 milhões de pessoas de baixa renda, a maioria crianças, morrem de doenças evitáveis transmitidas pela água em áreas rurais e urbanas malauianas.

Leia Mais:

 

Malaui perde US$ 600 milhões anuais devido aos efeitos da desnutrição infantil

Cerca de 147 mil vivem em centros de deslocados das cheias no Malaui

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031