ONU confirma mais de 200 mortes após explosão de tanque no Sudão do Sul

Ouvir /

Missão de paz espera que número de mortos venha a subir; camião de combustível acidentado explodiu após disparo de um tiro; Unmiss enviou médicos e helicópteros para a área de Maridi.

Boinas azuis da Unmiss em Juba. Foto: ONU/JC McIlwaine

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul, Unmiss, anunciou esta sexta-feira que cerca de 200 pessoas morreram após a explosão de um tanque na província de Equatoria Ocidental.

A operação de paz ofereceu quatro helicópteros para transportar os feridos que precisam de apoio médico da área de Maridi, onde ocorreu o incidente, para a capital Juba. Prevê-se que o número de mortos venha a subir.

Gasolina

Agências de notícias informaram que um camião-tanque que transportava gasolina capotou a cerca de 7 quilómetros centro urbano.

Logo a seguir, centenas de residentes correram para o local para recolher o combustível que estava a ser derramando. Um desconhecido disparou um tiro para tentar dispersar a multidão, que provocou a explosão.

A Unmiss enviou uma equipa médica para Maridi no dia do incidente, como parte das ações de resposta humanitária lideradas pelo Ministério da Saúde com outros parceiros.

Leia Mais:

“Responsibilidade de proteger” deve ser mais do que palavras, afirma ONU

ONU diz que acordo é crucial para acabar com conflito no Sudão do Sul

Ban quer acordo de paz que signifique fim da violência no Sudão do Sul

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031