OMS: 66% dos adolescentes na Europa não fazem atividade física suficiente

Ouvir /

Agência da ONU afirmou que mais de um terço dos adultos também se encontram na mesma situação; especialistas dizem que a falta de exercício físico é responsável por até 10% dos problemas de coração.

Obesidade é um fator de risco para vários problemas de saúde, incluindo diabetes, doenças do coração, derrame e alguns tipos de câncer. Foto: OMS/Giulio di Sturco

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, alertou esta quarta-feira que mais de um terço dos adultos e dois terços dos adolescentes na Europa não fazem atividade física suficiente.

Segundo a agência da ONU, a falta de exercício físico é responsável por até 10% dos problemas de coração, diabetes e de câncer de mama e de cólon, como também de 9% da mortalidade prematura.

Estratégia

Para combater o problema e incentivar a população dos 53 Estados-membros da organização na região, foi lançada a primeira Estratégia de Atividade Física da OMS na Europa.

A diretora regional da agência, Zsuzsanna Jakab, afirmou que "o mundo pode reduzir drasticamente o número de pessoas que sofrem de doenças crônicas aumentando o nível de atividade física e reduzindo o comportamento sedentário".

Jakab fez a declaração em Copenhague, na Dinamarca, na abertura da 65ª sessão do Comitê Regional da OMS para a Europa.

Sistemas de Saúde

Ela disse que "os sistemas de saúde por toda a região correm o risco de quebrar por causa das pessoas que sofrem dos efeitos da inatividade física e do sedentarismo".

Por causa disso, a agência da ONU criou o plano que terá duração de 10 anos, entre 2016 a 2025.

Em 46 países da região, mais de 50% dos adultos são considerados acima do peso ou obesos, mas em algumas dessas nações o índice chega a quase 70%.

Objetivos

Outro dado importante mostra que mais de 40% dos meninos entre sete e oito anos estão acima do peso e mais de 20% são obesos.

Os principais objetivos da Estratégia da OMS são: promover a atividade física e reduzir o comportamento sedentário além de garantir locais seguros e acessíveis para que a população possa fazer os exercícios físicos.

As autoridades querem ainda fornecer oportunidades iguais para que todos possam realizar as atividades físicas e retirar todas as barreiras ou dificuldades para facilitar o processo.

Leia Mais:

OMS: diabetes afeta cerca de 350 milhões de pessoas no mundo

OMS diz que 2 adolescentes morrem por minuto no mundo

OMS alerta que consumo excessivo álcool mata seis pessoas por minuto

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 12 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031