Em Dia Internacional, ONU destaca jovens como construtores da paz

Ouvir /

Secretário-geral pede cessar-fogo global para marcar o 21 de setembro; Ban Ki-moon apela maior investimento no potencial juvenil; PMA envolvida em parceria para ajudar crises em áreas como Síria, Iraque, Sudão do Sul e Iémen.

Jovens presentes na cerimônia do Dia Internacional da Paz. Foto: ONU/Evan Schneider

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Em mensagem dedicada ao Dia Internacional da Paz, celebrado esta segunda-feira, o secretário-geral da ONU disse que não há um grupo mais preparado que os jovens para “ajudar a transformar o sonho da paz em realidade”.

Ban Ki-moon destaca a “maior geração de jovens da história”,  e considera os seus integrantes “mais conscientes e conectados do que qualquer geração anterior”.

Violência Mortífera

Por ocasião do 21 de setembro, o pedido aos governos é que invistam mais para realizar o potencial do grupo que chama de “construtores da paz do mundo”.

O chefe da ONU destaca ainda que, este ano, a data ocorre num momento de violência mortífera e conflitos desestabilizadores em todo o mundo.

A recomendação é que no lugar de se cair no desespero, seja exercida a responsabilidade coletiva de exigir o fim da brutalidade e da impunidade que prevalece.

Paz Duradoura

O apelo a todas as partes em conflito é que baixem as armas e respeitem um cessar-fogo global. Ban reitera a necessidade de acabar com os assassinatos e a destruição e criar espaço para a paz duradoura.

Para o secretário-geral, embora pareça distante, o sonho de paz é o desejo de todas pessoas espalhadas pelo mundo.

Mundo Pacífico

Para marcar a data, o Programa Mundial de Alimentação,  PMA, anunciou uma parceria com indústrias globais que sublinha o papel vital da assistência alimentar para criar um mundo mais pacífico.

Várias companhias doaram espaços em canais de televisão e na míia digital para impulsionar as ações de combate à fome da agência da ONU.

Símbolos

As marcas envolvidas na iniciativa incluem a McDonalds, a Burger King, a Cargill, a DreamWorks Animation, o Facebook, o Google, a MasterCard, a McCain, OMD, Twitter, Tbwa e United Airlines.

Nos espaços da TV e online é destacado o anúncio “símbolos”, de 30 segundos, com a marca PMA . A mensagem liga a guerra e a fome, a magnitude das necessidades atuais e faz um pedido de doação para a agência.

Doações

O apoio ao esforço inclui a divulgação, pelas companhias, da mensagem em redes sociais com obras de arte relacionadas, que inclui um apelo para o auxílio às famílias afetadas com uma doação à agência da ONU.

Os  valores recolhidos na campanha vão para o fundo de resposta de emergência do PMA,  usado para apoiar as operações mais críticas que incluem crises em países como Síria, Iraque, Sudão do Sul e Iémen ou ao seu redor.

Leia Mais:

Ban Ki-moon faz um apelo por cessar-fogo global de 24 horas

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 13 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031