Ban quer mudanças nas futuras operações das tropas de paz da ONU

Ouvir /

Secretário-geral fez as recomendações com base no relatório preparado pelo Painel Independente de Alto Nível comandado pelo ex-presidente de Timor-Leste, José Ramos Horta.

Soldados de paz da Missão Integrada da ONU na República Centro-Africana, Minusca, durante patrulha em Bambari. Foto: ONU/ Catianne Tijerina

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou esta sexta-feira que quer ver mudanças nas operações das tropas de Manutenção da Paz das Nações Unidas.

Ban fez as recomendações com base no relatório "O Futuro das Operações de Paz da ONU" preparado por um Painel de Alto Nível, comandado pelo ex-presidente de Timor-Leste, José Ramos Horta.

Desafios

O Painel foi criado em outubro do ano passado para examinar as operações militares da ONU e sugerir como enfrentar a intensidade e a amplitude dos conflitos e guerras no mundo.

O chefe da ONU acredita que são necessárias três mudanças urgentes para adaptar as ações das tropas da organização aos desafios globais atuais e futuros.

Em primeiro lugar, Ban disse que é importante priorizar medidas de prevenção e mediação para romper o ciclo de responder a qualquer problema muito tarde e com um alto custo.

Quadro Global

O secretário-geral disse também que é preciso mudar a forma como a organização planeja e conduz as operações para que elas possam ser mais rápidas, mais ágeis e mais responsáveis perante as pessoas e os países envolvidos em conflitos.

A terceira mudança, segundo Ban, deve ser a criação de um quadro global-regional para controlar os desafios à paz e à segurança atuais. Para ele, esse processo deve começar com o reforço da parceria entre as Nações Unidas e a União Africana.

Princípios

O secretário-geral afirmou que os princípios das operações de paz da ONU não vão mudar. O trabalho da organização é apoiar um acordo negociado dos conflitos e proteger a população civil e seus direitos à segurança, justiça e desenvolvimento.

Para Ban, é essencial que a ONU seja responsável e sensível às necessidades das pessoas e não uma fonte de mais sofrimento.

Ele disse que o relatório cita mais de 12 novas medidas que devem ser adotadas para livrar as Nações Unidas da exploração e do abuso sexual.

O secretário-geral declarou que "uma mudança" só vai acontecer se os Estados membros e os parceiros apoiarem esses esforços. Ele pediu a ajuda também do Conselho de Segurança nesse processo.

Ban explicou que com o "engajamento político e investimentos inteligentes e direcionados é possível melhorar a resposta mundial aos horrores atuais".

O chefe da ONU disse que o "aniversário de 70 anos das Nações Unidas é o momento de se enfrentar esse desafio".

Leia Mais:

Aos chefes de operações de paz, Ban pede tolerância zero a abusos

 

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031