Acnur quer transferência rápida de migrantes pela Europa

Ouvir /

Agência pede resposta europeia global com centros de acolhimento eficazes; nota destaca preocupação com medidas individuais de países da UE; Conselho Europeu de Ministros do Interior reunido esta segunda-feira em Bruxelas.

Refugiados esperam cadastro na fronteira entre Macedónia e Grécia. Foto: UNICEF/Gjorgji Klincarov

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, disse que está preocupado com uma série de medidas individuais tomadas por países da União Europeia, UE, em relação a pessoas que procuram proteção.

Em nota, a agência alerta que os refugiados podem ficar "num limbo legal."

Ministros do Interior

Esta segunda-feira marca a reunião extraordinária do Conselho Europeu de Ministros do Interior. O Acnur declara que as decisões do encontro das 28 nações do bloco, em Bruxelas, são por isso ainda mais cruciais.

Para a agência, o anúncio de medidas sucessivas de controlo de fronteiras por vários países europeus afetados pela crise de refugiados e de migração “torna urgente uma resposta europeia global”.

Emergência

De acordo com agências de notícias, a agenda dos ministros europeus destaca o agravamento da crise dos refugiados do Médio Oriente e o plano de emergência para distribuir 120 mil pessoas.

Segundo os relatos das agências, a Alemanha interrompeu a circulação ferroviária com a Áustria e suspendeu os acordos de Schengen. Por outro lado, a Áustria anunciou o envio de  tropas para ajudar a lidar com o fluxo de migrantes e a reforçar o controlo da fronteira com a Hungria.

O Acnur defende que a base para a solução global do bloco é a criação de centros de acolhimento eficazes com o apoio de todas as partes interessadas, incluindo a agência da ONU.

 Grécia, Itália e Hungria

O objetivo seria dar ajuda adequada, registar e examinar as pessoas no momento em que estas chegam à Grécia, Itália e Hungria.

Para o Acnur, essa resposta deve ser acompanhada pela rápida execução de um programa de transferência, tal como foi proposto pela Comissão Europeia.

O Acnur quer que as pessoas que precisam de proteção internacional sejam distribuídas por  todas as nações da UE com base num mecanismo justo que vá de acordo com o direito internacional.

Leia Mais:

Acnur saúda propostas europeias para crise de refugiados

Unicef pede a Europa que transforme compromisso em ação

 

Compartilhe

JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
JORNAL DA ONU - 5 MIN, 15 DE DEZEMBRO DE 2017
Loading the player ...

SIGA A RÁDIO ONU NAS REDES SOCIAIS

 

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031